Alesc cancela atividades da próxima semana e poderá realizar sessões virtuais

Medida visa evitar aglomeração de pessoas e garantir a permanência delas em suas residências

- Publicidade -
 

A Mesa Diretora da Assembleia Legislativa do Estado (Alesc) decidiu nesta semana prorrogar a suspensão das sessões ordinárias e das reuniões das comissões permanentes marcadas para a próxima semana. É mais uma medida visando ao controle da proliferação do novo coronavírus (Covid-19) e segue as recomendações das autoridades de saúde, a fim de evitar a aglomeração de pessoas e garantir a permanência delas em suas residências.

No entanto, a Alesc poderá realizar sessões virtuais para a votação de projetos emergenciais referentes à prevenção e combate ao Covid-19. Apesar da suspensão das atividades legislativas, a Mesa Diretora segue atenta às questões que envolvem a pandemia em Santa Catarina e avalia as medidas mais adequadas que garantam o funcionamento do Parlamento com o menor número possível de servidores, policiais militares e funcionários terceirizados, priorizando o teletrabalho (home office) nas atividades em que essa modalidade é possível.

::: Participe do nosso grupo de WhatsApp :::

Por isso, a Diretoria de Comunicação Social da Alesc (DCS) decidiu suspender a exibição dos três telejornais produzidos e veiculados diariamente pela TVAL, a emissora de TV da Alesc, e estabelecer o home office para sua equipe. No entanto, a DCS segue de plantão, mesmo que de forma remota, à disposição dos jornalistas.

Quaisquer novidades a respeito do funcionamento da área administrativa da Alesc e das atividades legislativas serão informadas pela Agência AL, a Agência de Notícias da Assembleia. Ainda com o objetivo de colaborar com as autoridades sanitárias, o presidente da Alesc, deputado Julio Garcia (PSD), recomendou aos deputados que suspendam seus roteiros e suas atividades externas.

::: Acompanhe as últimas notícias de Chapecó e região :::

O presidente também autorizou a doação, para o governo do Estado, de R$ 20 milhões, provenientes do orçamento do Legislativo, com o objetivo de colaborar com as ações de combate ao avanço do Convid-19 no Estado. “O Parlamento catarinense e seus 40 deputados seguem atentos à questão da pandemia e tomarão todas as medidas necessárias para que Santa Catarina enfrente o coronavírus”, afirmou Garcia. “Nosso foco principal, no momento, é a preservação da saúde das pessoas”.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Processo licitatório do novo Contorno Viário de Chapecó já está homologado
Vereador de Chapecó pede retorno das atividades turísticas em Santa Catarina
Chapecó acata recomendação e anula estabilidade de servidor com irregularidades em estágio probatório
Empresário afirma à CPI dos Respiradores que queria apenas ajudar Santa Catarina
Atual secretário da Saúde nega participação na compra dos respiradores
Deputados estaduais cobram socorro para o setor leiteiro
TSE decide que convenções partidárias poderão ser realizadas por meio virtual
Comissão Especial de Gestão de Águas realiza sua primeira reunião em Chapecó
Ex-secretário da Saúde nega ter autorizado pagamento antecipado na compra dos respiradores
Polícia apreende drogas, dinheiro e rádios comunicadores em operação em Chapecó