Aurora Alimentos se manifesta sobre investigação do MP em relação ao preço do leite

Cooperativa afirmou em nota pública que não praticou preços abusivos

- Publicidade -
 

A Aurora Alimentos divulgou nota nesta quinta-feira (26) afirmando que não praticou preços abusivos no leite. A cooperativa se manifestou, publicamente, um dia depois que o Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) anunciou a abertura de inquérito civil para investigar se as empresas catarinenses que atuam no ramo aproveitaram-se da situação de emergência, decorrente da pandemia do novo coronavírus, para aumentar os valores de forma excessiva.

O procedimento foi instaurado pela 29ª Promotoria de Justiça da Capital, que trabalha na área dos direitos do consumidor e tem abrangência estadual. As indústrias tinham até ontem para responder às questões levantadas pelo MP com o envio dos documentos e notas fiscais que comprovem suas informações. Os pedidos de informação se referem a todos os tipos de leite: integral, semidesnatado e desnatado.

Nesta quinta-feira, prazo final para o envio das respostas ao Ministério Público, a Aurora Alimentos disse que priorizou o atendimento às solicitações das autoridades públicas, com a juntada de documentos e a produção de provas que testemunham sua correta conduta comercial.

“Nesse momento, a empresa pode afirmar com toda a segurança que não praticou preços abusivos nem conspurcou a ética concorrencial, como será sobejamente e oportunamente demonstrado e comprovado”, acrescentou a Aurora Alimentos no comunicado. A cooperativa também se comprometeu em prestar todas as informações através dos meios de comunicação social.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Governo do Estado registra a segunda morte pelo novo coronavírus em Santa Catarina
Ministérios vão agir de forma integrada durante a crise do novo coronavírus
Casos de coronavírus sobem para 219 em Santa Catarina
Com escolas em quarentena, Startup leva simulado do ENEM on-line a estudantes
Senado aprova benefício de R$ 600 a autônomos e informais
Câmara Municipal de Chapecó realiza sessão ordinária virtual
Centro de Triagem para pacientes com sistemas respiratórios já funciona em São Miguel do Oeste
Como se comportar nas compras para diminuir risco de contrair o novo coronavírus
Sobe para 159 o número de mortes por causa do coronavírus no Brasil
Senai oferece 100 mil vagas gratuitas em cursos à distância durante pandemia do coronavírus