Aurora Alimentos se manifesta sobre investigação do MP em relação ao preço do leite

Cooperativa afirmou em nota pública que não praticou preços abusivos

- Publicidade -
 

A Aurora Alimentos divulgou nota nesta quinta-feira (26) afirmando que não praticou preços abusivos no leite. A cooperativa se manifestou, publicamente, um dia depois que o Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) anunciou a abertura de inquérito civil para investigar se as empresas catarinenses que atuam no ramo aproveitaram-se da situação de emergência, decorrente da pandemia do novo coronavírus, para aumentar os valores de forma excessiva.

O procedimento foi instaurado pela 29ª Promotoria de Justiça da Capital, que trabalha na área dos direitos do consumidor e tem abrangência estadual. As indústrias tinham até ontem para responder às questões levantadas pelo MP com o envio dos documentos e notas fiscais que comprovem suas informações. Os pedidos de informação se referem a todos os tipos de leite: integral, semidesnatado e desnatado.

Nesta quinta-feira, prazo final para o envio das respostas ao Ministério Público, a Aurora Alimentos disse que priorizou o atendimento às solicitações das autoridades públicas, com a juntada de documentos e a produção de provas que testemunham sua correta conduta comercial.

“Nesse momento, a empresa pode afirmar com toda a segurança que não praticou preços abusivos nem conspurcou a ética concorrencial, como será sobejamente e oportunamente demonstrado e comprovado”, acrescentou a Aurora Alimentos no comunicado. A cooperativa também se comprometeu em prestar todas as informações através dos meios de comunicação social.

1 COMENTÁRIO(S)

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Xanxerê registra o trigésimo óbito por COVID-19
Chapecó registra 65ª morte por coronavírus
Covid-19: SC registra 2.609 mortes
SC tem apenas uma região em estado gravíssimo na classificação de risco para Coronavírus
HRO tem ocupação de 48,6% das UTIs Covid em Chapecó
SC já registrou 2.593 mortes por Covid-19
Número de recuperados do coronavírus passa de 6,4 mil em Chapecó
59° óbito por covid-19 é registrado em Chapecó
Cata-ventos para comemorar alta de pacientes curados da covid-19 em Xanxerê
Chapecó tem 200 casos ativos de coronavírus