Aves chapecoenses são premiadas em campeonato brasileiro

Criadores de aves do município participaram do 68˚ Campeonato Brasileiro de Ornitologia, que reúne mais de 50 mil pássaros domésticos

- Publicidade -
 

Uma das mais importantes competições de criadores de aves domésticas teve a participação dos associados da Sociedade Oeste Catarinense de Ornitologia (Soco). O 68˚ Campeonato Brasileiro de Ornitologia ocorreu de 10 a 20 de julho, em Itatiba (SP), e reuniu cerca de 24,6 mil aves na área de exposição e concurso e mais 27 mil na área de vendas, destas mais de 200 saíram de Chapecó.

>> Últimas notícias <<

O evento reúne as mais belas aves domésticas e exóticas, pertencentes a mais de mil criadores de diversos Estados brasileiros. No concurso, as aves foram julgadas pela cor, plumagem, tamanho e postura, canto, entre outros critérios. Os juízes tiveram a difícil tarefa de escolher as melhores de cada espécie.

Entre as aves premiadas estão mais de 80 aves de criadores de Chapecó. As aves específicas de competição podem participar por até dois aos consecutivos dos campeonatos estadual e nacional. Para ter um om desempenho essas aves, consideradas animais pets recebem tratamento diferenciado, sedo criadas em gaiolas de preparação, individualizadas e recebem um trato especial todos os dias. 

As aves do criador Isaldir Antunes de Almeida que dedica duas horas por dia para alimentar e cuidar das mais de 200 aves que possui, recebem tratamento especial em épocas de competição. “Além da mistura em selecionada de sementes, ofereço uma farinha composta por três tipos de farinha industrializada, ovos de galinha caipira e milho todos os dias. Em dias de sol dou banho com shampoo de especial de bebê, para cuidar da plumagem um dos pontos fortes o julgamento”, explica.

Em dez dias de feira e competições, os criadores de Chapecó conseguiram trazer para o estado mais de 200 títulos. Diversas aves ficaram com o primeiro e segundo lugar nas categorias canários, pombas exóticas, calopsitas, quarteto rosela adcitus e agapornis.

São vários segmentos: canários domésticos de cor, porte e canto clássico, exóticos como os diamantes de Gold, bicolores, mandarins, bavetes e outros, e psitacídeos entre agapornis, periquitos ondulados, cacatuas, rosellas, tarantas e muito mais. 

A grande atração da exposição são os canários de cor. Devido a mutações genéticas, eles deixaram de ter a cor verde original e hoje apresentam mais de 700 cores. Além do campeonato, o evento se destaca pela exposição de equipamentos e insumos e vários lançamentos do setor pet.


DEIXE SEU COMENTÁRIO

Motorista perde controle da direção, sai da pista e bate em árvore em Descanso
Depósito é destruído pelo fogo em Chapecó
“Meu propósito foi cumprido e agora é hora de começar outro ciclo”, diz delegado Wagner Meirelles
Incêndio atinge galpão, máquina agrícola, carro e casa no interior de Chapecó
Curso sobre direito à moradia digna é ministrado em Chapecó
Carro capota no centro de Chapecó
Caminhão impróprio para transporte de gado é interceptado em SC
Carro é apreendido com interruptor doméstico improvisado para acender faróis
Prefeitura e moradores recolhem 2,7 toneladas de lixo e recuperam área no Goio-En
Professor Élio Maldaner de Chapecó, recebe o título Mérito Educacional