Bairro Efapi tem 170 casos confirmados de coronavírus

Em seguida vem os bairros: Jardim do Lago com 66 e Alta Floresta com 62. Gráfico da Secretaria de Saúde de Chapecó tem como base os números oficiais contabilizados até às 12h desta quinta-feira (21).

- Publicidade -
 

Os números de casos de coronavírus em Chapecó são apresentados semanalmente pela Secretaria Municipal de Saúde, com um demonstrativo por local de morada.


Segundo a secretária Municipal de Saúde, Maristela Bisognin Santi Rocha, o gráfico é um instrumento que vinha sendo usado na secretaria e optou-se por divulgar à população. “Ele é um alerta onde estão concentrados os números de casos positivos e com isso chamar atenção das pessoas para a importância do isolamento social, dos cuidados, principalmente o uso de máscaras e evitar aglomerações”, afirma.

 

No demonstrativo divulgado nesta sexta-feira (22), com dados coletados até às 12h desta quinta-feira (21), mostra o bairro Efapi com maior número de casos confirmados de coronavírus: 170. Em seguida vem o bairro Jardim do Lago, com 66 casos e em terceiro o Alta Floresta com 62 casos.

 

Em contrapartida, os bairros, Boa Vista, Bom Pastor e Monte Castelo, contabilizam 1 caso cada. Alto da Serra e Sede Figueira, estão com 2 casos cada. Com 3 casos aparecem Trevo, Alvorada, Belvedere e Paraíso. Já os bairros Maria Goretti e Líder estão com 4 casos. Com cinco casos aparecem os bairros Quedas do Palmital, Pinheirinho, Centro e Água Amarela.

 


DEIXE SEU COMENTÁRIO

Douglas Borba é preso preventivamente na Operação Oxigênio
Argentina prorroga quarentena obrigatória até 28 de junho
6.720 catarinenses estão recuperados do coronavírus
Hospital de Xanxerê receberá mais 10 respiradores entregues pela WEG
Pesquisa sobre avanço do coronavírus em Chapecó vai até sábado (6)
Chapecó chega a 1.129 casos de coronavírus
Ansiedade: como lidar com ela no cenário em que vivemos?
Santa Catarina confirma 10.532 casos e 156 mortes por covid-19
Hospital de Xanxerê está com 90% da UTI ocupada
Frigoríficos começam a se adequar à proteção de indígenas no Oeste