Bancada do Oeste elege novo coordenador e define prioridades para 2020

Investimentos em saúde e a recuperação das rodovias estaduais na região Oeste devem ser as principais pautas comuns

- Publicidade -
 

O deputado estadual Mauricio Eskudlark (PL) foi eleito coordenador da Bancada do Oeste nesta quarta-feira (19), no gabinete da 1ª vice-presidência. Na última reunião comandada pela deputada Marlene Fengler (PSD), o colegiado, que é composto por 15 parlamentares, definiu as prioridades de atuação em 2020. Investimentos em saúde e a recuperação das rodovias estaduais na região Oeste devem ser as principais pautas comuns dos representantes oestinos.

“As rodovias e a saúde serão as prioridades da Bancada do Oeste. Temos a questão da energia elétrica e outros assuntos de importância para investimento na região, mas a grande demanda é diminuir cada vez mais a ambulancioterapia, levar o tratamento mais próximo para a região, e já temos agendada audiência com a Secretaria da Infraestrutura sobre as rodovias. Neste momento, eu vejo esse como o problema mais grave que o Oeste enfrenta”, disse Eskudlark.

::: Participe do nosso grupo de WhatsApp :::

Por proposição do deputado Marcos Vieira (PSDB), a Bancada vai propor a realização de uma audiência pública para debater a execução da emenda coletiva ao Plano Plurianual (PPA) que prevê R$ 220 milhões, em quatro anos, para a revitalização da SC-283. Luciane Carminatti (PT) afirmou que a situação das rodovias é o principal alvo de cobrança dos municípios e que os deputados devem tomar posição mais dura na cobrança de resultados em relação ao Oeste.

A Bancada também endossou a participação em duas audiências públicas que devem debater a aplicação dos recursos oriundos do empréstimo de R$ 1,1 bilhão contraído pela Celesc para investimento na rede trifásica rural. Segundo Vieira, recursos originalmente previstos para o Oeste e o Extremo Oeste podem ser remanejados para a região Norte. Este assunto será debatido no dia 27 de março, em Chapecó (às 9h30) e em São Miguel do Oeste (às 14h30).

::: Acompanhe as últimas notícias de Chapecó e região :::

Outra audiência pública que contará com a participação da Bancada será realizada no dia 1º de abril, na Assembleia Legislativa do Estado (Alesc), para debater o pagamento de serviços pela Secretaria de Estado da Saúde aos consórcios intermunicipais de saúde. Além da presença de Eskudlark, Marlene, Vieira e Luciane, participaram da reunião os deputados Coronel Mocellin (PSL), Neodi Saretta (PT), Fabiano da Luz (PT), Mauro De Nadal (MDB) e Valdir Cobalchini (MDB).

O trabalho realizado pela deputada Marlene Fengler à frente da Bancada, no primeiro ano de existência desse colegiado, foi elogiado e reconhecido pelos colegas presentes à reunião. Eles destacaram que a coordenadora não personificou o mandato e atuou em prol da construção de uma pauta coletiva, fortalecendo o projeto. “Conseguimos algo importante, unir os 15 deputados que tiveram uma votação expressiva no Oeste em torno de demandas coletivas”.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Alesc, TJSC, MPSC e TCE anunciam medidas para reduzir custos durante pandemia
Projeto de Lei prevê redução de salários de agentes políticos em Chapecó
Oito dos 21 vereadores de Chapecó trocam de partido durante janela
Moção pede redução de salários e de verba de gabinete na Alesc
Auri Casalli assume presidência do PSB em Chapecó
Fórum discute estratégia para minimizar impactos do coronavírus
Janela para troca de partido encerra nesta sexta-feira (3)
Deputados estaduais aprovam projetos sobre recursos do Badesc
Vereadores de Chapecó pedem medidas emergenciais para falta de água
Marcio Sander se filia ao PSDB e é pré-candidato a prefeito