Bancada do Oeste encaminha ações para BR-282, licenças ambientais e HRO

Deputados estaduais cobram a liberação de R$ 35 milhões necessários para a continuidade de obras no trecho entre Chapecó e São Miguel do Oeste

- Publicidade -
 

A Bancada do Oeste, grupo de deputados estaduais que atua na Assembleia Legislativa do Estado (Alesc) em favor dos pleitos da região, realizou na manhã desta quarta-feira (11) um novo encontro para debater os encaminhamentos relativos a diversos temas em pauta no colegiado estadual. O principal assunto em pauta foi o andamento das obras na BR-282.

Ainda, outros temas tratados pelos deputados estaduais durante o encontro mensal foram a regularização das empresas que atuam no processamento de carcaças de animais mortos no campo, sobre a demora na liberação de licenciamentos ambientais, o custeio da nova ala do Hospital Regional do Oeste (HRO), e as emendas ao orçamento do Estado para 2020.

BR-282

Com relação à BR-282, os parlamentares que integram a bancada afirmaram que vão cobrar do ministro da Infraestrutura, Tarcisio Gomes de Freitas, o compromisso firmado com o Estado de liberar os R$ 35 milhões necessários para a continuidade de obras no trecho entre Chapecó e São Miguel do Oeste, como a construção de terceiras faixas e ainda de trevos de acessos.

::: Participe do nosso grupo de WhatsApp :::

“Vamos reforçar o pedido, solicitando ao Fórum Parlamentar Catarinense que gestione junto ao governo federal a liberação desse recurso”, disse a deputada Marlene Fengler (PSD), que coordena a bancada. Atualmente, a obra na BR-282 está andando de forma devagar e o DNIT ainda aguarda a liberação de R$ 35 milhões, da Infraestrutura, para o seguimento da obra.

Carcaças

O deputado Mauro De Nadal (MDB) diz que a atividade de recolhimento e beneficiamento das carcaças para a produção de farinha, de fertilizantes e de biodiesel, que era prestada por duas empresas no Estado, já está em análise no Ministério da Agricultura e Pecuária. Atualmente, o governo federal já permite a exportação dos produtos, mas não a sua comercialização aqui.

Conforme Nadal, no dia 26 de agosto foi encerrada uma consulta pública que colheu cerca de 250 sugestões para a elaboração do texto que deve normatizar a atividade. O passo seguinte, explicou o deputado, será a análise da matéria pelo setor jurídico do ministério. “Vejo que o processo está andando, embora moroso, pois já deveria estar pronto dois anos atrás”.

Licenças ambientais

Em face às reclamações recebidas de diversos municípios quanto ao tempo necessário para a liberação de licenciamentos ambientais, foi decidido, a partir de sugestão do deputado Fabiano da Luz (PT), que a bancada promoverá uma reunião com representantes do Instituto do Meio Ambiente de Santa Catarina (IMA) e o Ministério Público de Santa Catarina (MPSC).

::: Acompanhe as últimas notícias de Chapecó e região :::

O encontro terá como finalidade buscar um acordo entre as partes sobre a concessão de licenciamento prévio, modalidade de autorização mais ágil, prevista no Código Ambiental catarinense mediante parceria entre as prefeituras e o Instituto do Meio Ambiente de Santa Catarina (IMA). “Essa iniciativa pode desafogar o processo de concessão dessas licenças”.

Hospital Regional do Oeste

A bancada também vai solicitar uma audiência com o secretário de Estado da Saúde, Helton de Souza Zeferino, para a liberação de R$ 2,5 milhões necessários para o custeio de uma nova ala do Hospital Regional do Oeste (HRO). Mauricio Eskudlark (PL), que atua como líder do governo na Alesc, afirmou que o secretário é sensível à questão e que uma audiência será agendada.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Congresso de Prefeitos inicia nesta terça-feira (24)
PL confirma Elio Cella como pré-candidato em Chapecó
PSDB realiza seminário de preparação para candidaturas de 2020
Ministro promete liberação de R$ 89 milhões para rodovias catarinenses
Docentes da UFFS podem deflagrar greve
Consuni avaliará pedido de destituição do reitor da UFFS
Mesa redonda reúne presidentes de órgãos governamentais de SC
Repasses federais destinados a SC na área da saúde poderão cair 40% em 2020
Defesa Civil interdita sede da Funai em Chapecó
Projeto que altera Fundo Eleitoral é aprovado na Câmara