Câmara aprova reposição salarial em Abelardo Luz

Servidores municipais e agentes políticos receberão 5,07% de reajuste

- Publicidade -
 

A Câmara de Vereadores de Abelardo Luz aprovou por unanimidade, em sessão realizada nesta semana, os projetos de revisão salarial anual de servidores públicos municipais e agentes políticos. O reajuste no valor de 5,07% é baseado no INPC referente aos últimos 12 meses, no período de maio de 2018 a abril de 2019, e passa a valer a partir do mês de maio.

O Projeto de Lei 10/2019 tratava sobre a remuneração dos servidores públicos e agentes políticos do Poder Executivo. Já o Projeto de Lei 12/2019 concedia revisão geral anual no Poder Legislativo. Os projetos foram aprovados em regime de urgência com votação única. A presidente da Câmara Municipal, vereadora Queila Baretta (PP), comentou a aprovação.

Últimas notícias

“Os vereadores entenderam que o tema exigia urgência e aprovaram, demonstrando que estamos trabalhando com responsabilidade e analisando todas as situações. Em outras oportunidades foi derrubada a urgência, mas foram aprovados os projetos. Mais uma vez o Legislativo demonstrou a sua atuação e a sua responsabilidade como representantes do povo”.

Outro projeto

Durante a ordem do dia, os vereadores aprovaram também o Projeto de Lei 08/2019, de autoria do Poder Executivo, que estabelece procedimentos para a quitação de débitos fiscais com dispensa de juros. O texto aprovado recebeu uma emenda possibilitando ao contribuinte o parcelamento da dívida em até seis vezes. Os três projetos seguem agora para sanção.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Ex-prefeito de Caxambu do Sul é condenado pela prática de “rachadinha”
Homem é baleado no bairro Efapi
Governo autoriza projeto para restauração da SC-150 entre Capinzal e Piratuba
Receita Federal libera os 50 respiradores retidos para Santa Catarina
Governador vistoria obras da SC-467 entre Jaborá e Ouro
Carlos Moisés entrega dez respiradores ao HRO nesta sexta-feira (29)
Vereador sugere barreiras sanitárias em Chapecó
Deputados pedem a cassação do mandato de Jessé Lopes
Ministro determina que Weintraub esclareça declarações feitas em reunião ministerial
Ex-prefeito de Chapecó tem bens bloqueados