Casan e Consórcio Iberê renovam convênio para proteção da Mata Ciliar

Repasse de mais de R$ 430 mil será feito nesta sexta-feira (21) em Chapecó

- Publicidade -
 

A Casan renova em Chapecó nesta sexta-feira (21) um convênio com o Consórcio Iberê para continuidade de ações de recuperação e conservação de matas ciliares na região Oeste. O ato será realizado às 11h, no Centro de Cultura e Eventos Plínio Arlindo De Nes. A renovação permitirá o repasse de R$ 431.650 ao Consórcio Iberê, atualmente presidido pelo prefeito de Chapecó, Luciano Buligon.

O recurso permitirá a continuidade do trabalho que teve início em 2006, para recuperação de áreas de proteção ambiental ao longo de cursos d´água nos municípios de Águas de Chapecó, Caxambu do Sul, Chapecó, Cordilheira Alta, Guatambu, Planalto Alegre e São Carlos, que fazem parte do Consórcio Iberê. Com o novo repasse, chega a R$ 1.631.650 o montante destinado à conservação de matas ciliares no Oeste.

::: Participe do nosso grupo de WhatsApp :::

“É um projeto de grande importância, pois nos ajuda na conservação dos mananciais e mostra aos produtores rurais formas de proteger e valorizar os cursos d´água que cortam suas terras”, destacou a presidente da Casan, engenheira sanitarista e ambiental, Roberta Maas dos Anjos. A renovação do convênio entre Casan e o Consórcio Iberê será realizado com a presença do governador Carlos Moisés.

O trabalho feito no Oeste já beneficiou 423 famílias, com cercamento e recuperação de quase três milhões de metros quadrados de áreas de preservação permanente, o que equivale a 380 campos de futebol. Os resultados incluem melhorias na qualidade das nascentes e dos cursos de água, proteção do solo e retorno da fauna e flora, que ocorre naturalmente com a recuperação da vegetação.

::: Acompanhe as últimas notícias de Chapecó e região :::

Por sua relevância, o projeto vem sendo reconhecido ao longo dos anos com um conjunto de premiações, entre elas o Prêmio Expressão de Ecologia, Modalidade Recuperação de Áreas Degradadas, em 2019; e o Prêmio Fritz Müller, concedido pela Fatma (atual Instituto do Meio Ambiente – IMA), em 2017. Em 2012 foi reconhecido pelo Ministério do Meio Ambiente como um dos principais projetos ambientais do País.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Alesc, TJSC, MPSC e TCE anunciam medidas para reduzir custos durante pandemia
Projeto de Lei prevê redução de salários de agentes políticos em Chapecó
Oito dos 21 vereadores de Chapecó trocam de partido durante janela
Moção pede redução de salários e de verba de gabinete na Alesc
Auri Casalli assume presidência do PSB em Chapecó
Fórum discute estratégia para minimizar impactos do coronavírus
Janela para troca de partido encerra nesta sexta-feira (3)
Deputados estaduais aprovam projetos sobre recursos do Badesc
Vereadores de Chapecó pedem medidas emergenciais para falta de água
Marcio Sander se filia ao PSDB e é pré-candidato a prefeito