Casos de coronavírus sobem para 219 em Santa Catarina

Vinte pacientes estão internados em UTIs do estado. Dos casos confirmados da doença, 161 deles são de pessoas até 59 anos, que representa 79% dos contaminados

- Publicidade -
 

Santa Catarina registrou um aumento de 11% no número de casos confirmados de coronavírus. O número, que era 197 no domingo (29), passou para 219 nesta segunda-feira (30), conforme dados atualizados pelo Governo de Santa Catarina.

Dos casos diagnosticados, 20 pacientes estão internados em leitos de UTI do estado. O governador Carlos Moisés lembrou que esse número representa os 10% de pacientes que precisam de atendimento de alta complexidade, conforme ocorreu em outros países onde a epidemia já iniciou.

"Se esse número de pacientes confirmados com coronavírus fosse mil, significa que 100 pessoas podem precisar de leitos de UTI. Não queremos chegar aos 5, 10 mil casos", disse.


Perfil dos pacientes

Segundo os dados do governo de SC, 51% dos pacientes confirmados com coronavírus são homens e 48 mulheres. Das faixas etárias dos pacientes diagnosticados, o governador Moisés detalhou: entre 10 e 19 anos - dois casos; entre 20 e 29 anos - 33 casos; entre 30 a 39 anos - 53 casos; entre 40 a 49 anos - 37 casos; entre 50 a 59 anos - 36 casos; entre 60 e 69 anos -39 casos; de 70 a 79 anos - 10 casos; entre 80 a 89 anos - 6 casos.

Pacientes em UTIs

Já sobre o perfil de pacientes internados em UTIs do estado, os dados mostram que são pacientes com variadas faixas etárias.Dos 10 pacientes internados em hospitais do Estado, Moisés detalhou que os pacientes tem 32 anos; 34 anos; 37 anos (dois pacientes); 52 anos; 57; 62; 72 anos. Já dos pacientes internados em hospitais privados tem faixas etárias de 49; 53; 54; 56; 57; 60 (2 pacientes); 61; 62; 68; 

"Dos jovens, alguns possuíam patologias prévias, mas também temos casos de pessoas sem nenhum tipo de comorbidade", salienta o secretário Helton de Souza Zeferino.


Cidades com casos confirmados: 

Antônio Carlos – 1; Balneário Arroio do Silva – 1; Balneário Camboriú – 9; Blumenau – 14; Braço do Norte – 12; Brusque – 2; Camboriú – 7; Canelinha – 1; Chapecó – 5; Criciúma – 15; Florianópolis – 50; Gaspar – 2; Gravatal – 3; Içara – 1; Imbituba – 5; Indaial – 1; Itajaí – 18; Itapema – 2; Jaguaruna – 2; Jaraguá do Sul – 3; Joinville – 14; Lages – 1; Laguna – 1; Navegantes – 3; Papanduva – 2; Pescaria Brava - 1; Pomerode – 1; Porto Belo – 4; Rancho Queimado – 2; São Francisco do Sul – 1; São José – 10; São Lourenço do Oeste – 1; São Ludgero – 1; São Pedro de Alcântara – 1; Siderópolis – 2; Tijucas – 1; Timbé do Sul – 1; Tubarão – 9; Urussanga – 1; Outros Estados – 5; Outros Países - 3

Isolamento
Moisés voltou a reforçar que as medidas de isolamento são "um remédio amargo para uma doença sem cura até agora. Talvez seja o único remédio no momento", disse.

R$ 76 milhões em equipamentos

Outra informação repassada na coletiva desta segunda-feira (30), foi que o Estado já utilizou R$ 76 milhões na compra de equipamentos - entre EPIs e equipamentos como respiradores, monitores, camas e outros itens necessários à implantação das UTIs - e que estes materiais são aguardados pela Secretaria de Saúde. "E até o fim de maio pretendemos ativar mais 713 letios de UTI, além dos 801 que já existem no estado", disse Zeferino. Ele lembrou que desde o início das ações de prevenção, foram ativadas mais 118 leitos de UTI. 

EPIS enviados pela União

Durante a coletiva, Moisés detalhou também que nesta segunda-feira (30), SC recebeu do Ministério da Saúde 135 mil máscaras; 600 óculos de proteção individual; 72 frascos de álcool; 270 caixas de luvas e 12,3 mil aventais para os profissionais da saúde. "É um repasse importante, mas das caixas de luvas, essa é a quantidade utilizada em um dia pelo Hospital Regional de São José", comentou. 


Plano de retomada

Moisés comentou ainda que a Federação Catarinense dos Municípios (Fecam) pasa a integrar a equipe de trabalho do governo que trata sobre os impactos do Coronavírus. "Chamamos a Fecam para que esteja conosco e que consigamos chegar a uma forma segura para a retomada da produção. Precisamos voltar gradativamente, mas de forma responsável", disse. Ele lembrou que o grupo vai se reunir nesta terça-feira (31) às 14 horas. 




DEIXE SEU COMENTÁRIO

Ansiedade: como lidar com ela no cenário em que vivemos?
Santa Catarina confirma 10.532 casos e 156 mortes por covid-19
Hospital de Xanxerê está com 90% da UTI ocupada
Frigoríficos começam a se adequar à proteção de indígenas no Oeste
Reunião debate novas medidas de enfrentamento a covid-19 em Chapecó
Um mês sem morte por coronavírus: O que Floripa fez?
548 pacientes estão recuperados do coronavírus em Chapecó
De 16 países, Brasil é o que mais sofre com ansiedade por causa da pandemia
SC passa de 10 mil casos de coronavírus e mortes chegam a 152
36 mil testes rápidos são entregues no Oeste