Casos de Dengue sobem para 126 em Chapecó

Foram oito novos pacientes diagnosticados com a doença nos últimos sete dias na cidade. Em todo ano de 2019, cidade contabilizou 18 casos

- Publicidade -
 

O número de casos de Dengue voltou a subir em Chapecó. Dos 118 casos confirmados na última semana, o número subiu para 126, um aumento de oito casos. A quantidade de pacientes com a doença preocupa, já que em todo ano de 2019 a cidade contabilizou 18 casos, um aumento de 600% em apenas seis meses de 2020.

Segundo a Prefeitura de Chapecó, do total de casos, 106 deles são autóctones, cinco importados, três por vínculo epidemiológico e outros 12 que ainda estão em investigação do local de infecção.

Durante o ano de 2020, foram investigados 461 casos de dengue, destes 333 casos negativos e dois estão aguardando resultado de exames.

Apesar do início do inverno e da chegada do frio, o pedido é que as famílias continuem cuidando e fazendo a limpeza periódica nos seus terrenos, redobrando a atenção com locais que possam se tornar criadouros do mosquito, sejam tampas, garrafas, potes, vidros etc..

 

Fique atento aos sintomas:

•             Febre alta acima de 38.5ºC.

•             Dores musculares intensas.

•             Dor ao movimentar os olhos.

•             Mal estar.

•             Falta de apetite.

•             Dor de cabeça.

•             Manchas vermelhas no corpo.

 

Histórico de Dengue em Chapecó

Em 2016, Chapecó contabilizou 3.127 casos investigados de dengue, com confirmação de 820 casos. Já em 2017 foram investigados 507 casos com um caso importado. Em 2018 foram investigados 227 casos, todos negativos. Em 2019, já foram registrados 324 casos, destes 305 negativos e 18 confirmados.

 Os casos de Zika registrados em 2016 foram 38 casos e 03 positivos. Em 2017, 03 casos foram investigados e tiveram resultados negativos. Em 2018, teve 01 caso negativo e 02 aguardam confirmação. Em 2019, 06 casos suspeitos foram investigados, e um aguarda resultado de exames. Em 2020, 07 casos foram registrados, destes 06 negativos e 01 aguardando resultado de exame.

 Os números de chikungunya são em 2016 foram investigados 166 casos, com confirmação de quatro casos. Em 2017, foram 15 casos investigados com 02 confirmações. Em 2018, 08 casos negativos foram registrados. Em 2019, 11 casos foram registrados, 10 negativos e um confirmado. Em 2020, 04 casos da doença foram registrados, 03 negativos e 01 aguardam resultado de exame.

 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Governo do Estado entrega 76 novas viaturas da Polícia Militar a 34 municípios
Incêndio destrói quarto de apartamento no bairro Efapi
Homem fica gravemente ferido ao ser atropelado por trator em Cunha Porã
Trabalhador fica ferido após ser atingido por eucalipto em Xanxerê
Cavalo morre após acidente com carro em Xanxerê
Chuva volta na quarta-feira (12) para o Oeste de SC
Você está com coronavírus? Saiba como proteger os coletores de lixo
SC passa a ter ligação aérea com Miami no transporte de cargas
Chapecó está com 313 vagas de trabalho no Balcão de Empregos
Chapecó conta com mais um ecoponto para descarte de resíduos