Casquinha, ex-presidente da Chapecoense e vereador de Chapecó, morre aos 68 anos

Ex-dirigente e parlamentar será enterrado na cidade de Brusque

- Publicidade -
 

Nome importante na história da Associação Chapecoense de Futebol, Enir Hartmann, o Casquinha, morreu no fim da tarde desta terça-feira (3), aos 68 anos. Ex-dirigente do Verdão, ele exerceu o cargo de presidente em 1983, 1991 – ano em que foi vice-campeão catarinense – e 2005 –, liderando a diretoria que evitou o fechamento da equipe do Oeste, que atravessava grave crise financeira.

Casquinha também foi atleta da Chape em 1973 – ano de fundação do clube – e 1974 e vereador em Chapecó entre 1989 e 1992. O ex-mandatário participou de evento em comemoração aos 45 anos da agremiação, em maio de 2018, no auditório Casemiro Roberto Vieira, na prefeitura. Ele recebeu uma camisa e uma medalha como agradecimento.

A Chapecoense divulgou nota pesar em seu site. “Neste momento de profunda dor e de uma perda irreparável, desejamos força aos familiares e amigos”, escreveu. A Câmara de Vereadores também lamentou o acontecido. Na sessão desta terça, os parlamentares fizeram um minuto de silêncio em sua homenagem.

O ex-presidente residia em Perequê, bairro do município de Porto Belo, no Litoral de Santa Catarina. Os atos fúnebres serão realizados na cidade de Brusque, no Vale do Itajaí.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Destaques do esporte de Chapecó em 2019 recebem o troféu Cleberson Silva
Copa Verde e Branca reúne 1,2 mil atletas das escolinhas da Chapecoense
Grupo é acusado de má aplicação de dinheiro público do esporte amador de Chapecó
Na despedida da Série A, Chapecoense empata no fim do jogo
Com desfalques e auxiliar no comando, Chape enfrenta Vasco pela última rodada do Brasileirão
Chapecoense se despede da Série A no maior templo do futebol brasileiro, o Maracanã
Chapecoense participa de ações sociais com presença de atletas
Sai Marquinhos, chega Hemerson: reformulação do time da Chape começa pelo comando
Lateral Eduardo desabafa após vitória da Chape e critica ex-presidente Maninho De Nes
Chapecoense se despede com vitória da Arena Condá na Série A do futebol brasileiro