Catarinense é morta a facadas em Luxemburgo

Dione Streckert era nascida em Xaxim e mãe de quatro filhos. O suspeito do crime é o companheiro dela

- Publicidade -
 

A catarinense Dione Streckert foi morta a facadas na noite do último sábado (10) na cidade de Esch-sur-Alzette, no país de Luxemburgo. O suspeito do crime é o namorado da vítima. Dione era nascida na cidade de Xaxim e deixa quatro filhos.


Conforme as informações do site de notícias Lux24, de Portugal, o suspeito seria o companheiro da vítima, um português, que teria a agredido com golpes de faca. Dione chegou a ser socorrida, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no hospital.  


Ainda segundo o site Lux24, dias antes da morte, o homem teria agredido Dione e a polícia foi chamada ao local. O português teria ficado detido provisoriamente, mas depois de colocado em liberdade pelas autoridades acabou por cometer o crime ainda no sábado.   


A família da vítima já foi informada pelas autoridades sobre o fato e está a caminho de Luxemburgo para tratar de todas as burocracias legais relacionadas com o caso. Nas redes sociais, amigos lamentaram a morte de Dione. 



Dione foi morta a facadas no sábado (10). Fotos: Reprodução/Whatsapp

DEIXE SEU COMENTÁRIO

PRF apreende 540 garrafas de vinho argentino com foragido em Campos Novos
Suposta traição termina em agressão, cabelo cortado e tentativa de homicídio em Chapecó
Dois são detidos por tráfico no Bairro Efapi
Quatro são presos por tráfico e posse irregular de arma em Xaxim
Dois são presos por ameaça, furto e posse de drogas em Chapecó
Polícia apreende armas de fogo e munições em Serra Alta
PRF apreende 375 litros de vinho argentino em Pinhalzinho
Trio assalta eletrônica e tranca proprietário no banheiro em Irani
Homem é preso por perturbação e suspeita de tráfico em Chapecó
Quatro são presos por tráfico e posse irregular de arma em Xaxim