Cerca de 36 crianças e adolescentes são indenizados por dia pelo Seguro DPVAT em 2019

Mais de 70% dos menores de idade ficaram com algum tipo de invalidez permanente até setembro deste ano

- Publicidade -
 

O Dia das Crianças é celebrado neste sábado (12) e um número alarmante foi divulgado pela Seguradora Líder nos últimos dias: cerca de 36 crianças e adolescentes foram indenizados por dia até setembro de 2019. Os dados do Seguro DPVAT apontam que de janeiro até o mês passado mais de 9,8 mil crianças e adolescentes entre zero e 17 anos foram vítimas de acidentes e indenizados em todo o país – destes, cerca de 70% ficaram com algum tipo de sequela e a indenizações pagas foram por invalidez.

De acordo com a Seguradora Líder, a cobertura de reembolso de despesas médicas e suplementares foi a que registrou o segundo maior número de pagamentos de indenização. De janeiro a setembro foram 1.471 casos e mais 1.461 indenizações pagas por mortes no trânsito. Os dados chamam atenção para um alto índice de atropelamentos: 58% dos pagamentos. As crianças que estavam dentro do veículo durante a ocorrência concentraram cerca de 42% das indenizações pagas – ou 4.125 pagamentos.

Entre os estados com mais sinistros pagos, Minas Gerais se destaca com mais de mil indenizações a crianças envolvidas em acidentes de trânsito. Na sequência estão São Paulo (985), Ceará (717), Paraná (626) e Maranhão (588). Distrito Federal (47), Acre (45) e Amapá (23). 

Cuidados necessários 

Para mudar esta realidade os especialistas ressaltam os cuidados necessários quando há crianças nos veículos. “Quando o assunto é trânsito a atenção é fundamental, principalmente quando há menores envolvidos. É importante lembrar que a cadeirinha, o cinto de segurança e o capacete, no caso das motos, são itens obrigatório”, explica o superintendente de Operações da Seguradora Líder, Arthur Froes.

Ele ainda destaca a realidade dos pedestres e diz que os motoristas também têm papel fundamental para alterar as estatísticas. “É necessário ter uma conduta prudente ao volante, respeitando a sinalização e o limite de velocidade, principalmente em áreas escolares e residenciais. Além disso, é importante que as crianças estejam acompanhadas dos pais ao atravessar as ruas, além de sempre utilizar as faixas de pedestre”, finaliza o superintendente. 

Sobre o Seguro DPVAT 

O DPVAT é um seguro obrigatório de caráter social que protege os mais de 210 milhões de brasileiros em casos de acidentes de trânsito sem apuração da culpa. Ele pode ser destinado a qualquer cidadão acidentado em território nacional – seja motorista, passageiro ou pedestre – e oferece três tipos de coberturas: morte (R$ 13,5 mil), invalidez permanente (de R$ 135 a R$ 13,5 mil) e reembolso de despesas médicas e suplementares (até R$ 2,7 mil). A proteção é assegurada por um período de até três anos.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Incêndio destrói casa em Xanxerê
Idoso fica ferido após trator tombar em São Lourenço do Oeste
Caminhão tomba e interdita SC-161 em Palma Sola
Dislexia dificulta identificação de palavras
Caminhada das Religiões Afro ocorre nesta sexta-feira em Chapecó
Abertura do Natal Show em Marema acontece nesta quinta-feira
Menor número de latrocínios em 12 anos é registrado em Santa Catarina
Caminhão desce rua e invade casa em São Miguel do Oeste
Incêndio em aviário mata milhares de aves em Jardinópolis
Atletas da categoria de base da Chapecoense participam de treinamento para prevenção de incêndios