Cerca de 5 mil crianças precisam ser vacinadas contra a gripe em Chapecó

Município atingiu a cobertura de 80% do público alvo. Porém, 32% das crianças de 6 meses a 6 anos ainda não foram vacinadas

- Publicidade -
 

A Campanha Nacional de Vacinação Contra Influenza (gripe) segue até o dia 31 de maio. Até esta quarta-feira (23) o município de Chapecó atingiu a cobertura de cerca de 80% do público alvo, que é de 59,2 mil pessoas. 

>> Últimas notícias <<

O público alvo da campanha são pessoas com 60 anos ou mais, crianças na faixa etária de 6 meses a menores de 6 anos de idade (5 anos, 11 meses e 29 dias), gestantes, puérperas, trabalhadores da saúde e professores das escolas públicas e privadas. 

Além disso, faz parte do público alvo os povos indígenas, grupos portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas, população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional. 

Do público alvo, quem mais se vacinou foram os idosos, com percentual de 99% atingido. Por outro lado, a Secretaria de Saúde está preocupada com o público infantil. Ao todo, foram vacinadas 68% das crianças. Porém, falta ainda que cerca de 5 mil crianças sejam vacinadas. 

Segundo a coordenadora da Vigilância Epidemiológica de Chapecó, Karina Giachini, a vacina contra a gripe é extremamente importante nas crianças. “A preocupação aumenta quando se trata de crianças porque as principais complicações graves causadas pelo vírus da Influenza atingem esse público. Além disso, as crianças passam muito tempo na escola e nesses ambientes a disseminação do vírus da gripe é muito rápida”, alerta a coordenadora. 

Onde tomar a vacina 

A vacina está disponível nos 26 Centros de Saúde da Família que atendem diariamente das 07h30 às 11h30 e das 13h às 17h. Importante levar ao posto de saúde, a Caderneta de Vacinação, pois, se necessário, ela será atualizada. 

Sobre a vacina

A vacinação contra influenza é uma das medidas mais efetivas para a prevenção da influenza grave e de suas complicações. As vacinas utilizadas nas campanhas nacionais de vacinação contra a influenza são trivalentes que contêm os antígenos purificados de duas cepas do tipo A e uma B.

As vacinas da influenza sazonais são bem toleradas e seguras, constituídas por vírus inativados, não contêm vírus vivos e não causam a doença. O mais comum são as reações locais, como dor no local da injeção, eritema e enduração que ocorrem em até 20% dos casos, resolvidos em 48h. Reações sistêmicas como febre, mal-estar e mialgia, podem começar de 6h a 12h após a vacinação e persistir por um a dois dias, identificadas em menos de 10% dos vacinados.

Pessoas com história de anafilaxia em doses anteriores a componentes da vacina, recomenda-se realizar avaliação médica criteriosa sobre benefício e risco da vacina antes da administração de uma nova dose e se indicada realizar o procedimento sob observação.

Casos confirmados

Em Chapecó já foram registrados 30 casos suspeitos de Influenza. Foram confirmados nove casos de Influenza A, um caso de Influenza B e sete casos de outros tipos de vírus. Além disso, trêspessoas aguardam resultados de exames e 10 casos foram negativos. 

Dicas

- Manter os ambientes ventilados;
- Lavar bem as mãos;
- Uso do álcool em gel;
- Uso de copo individual (em escolas e locais de grande circulação de pessoas);
- Ter hábitos de vida saudável, praticar atividades físicas, alimentação balanceada e tomar bastante líquido;
- Ao tossir ou espirrar, usar o braço e não as mãos;
- Em caso de sintomas, procurar atendimento médico, na unidade de saúde mais próxima.


DEIXE SEU COMENTÁRIO

Motorista perde controle da direção, sai da pista e bate em árvore em Descanso
Depósito é destruído pelo fogo em Chapecó
“Meu propósito foi cumprido e agora é hora de começar outro ciclo”, diz delegado Wagner Meirelles
Incêndio atinge galpão, máquina agrícola, carro e casa no interior de Chapecó
Curso sobre direito à moradia digna é ministrado em Chapecó
Carro capota no centro de Chapecó
Caminhão impróprio para transporte de gado é interceptado em SC
Carro é apreendido com interruptor doméstico improvisado para acender faróis
Prefeitura e moradores recolhem 2,7 toneladas de lixo e recuperam área no Goio-En
Professor Élio Maldaner de Chapecó, recebe o título Mérito Educacional