Chape aguarda resposta do Tigres por Alan Santos e acerta ida de Lucas Mineiro ao Japão

Diretoria verde-branca também busca mais reforços para o início da temporada

- Publicidade -
 

A estreia da Chapecoense será na próxima quarta-feira (22), às 21h30, contra o Avaí, na Arena Condá, pela Série A do futebol catarinense. Até lá, ao clube do Oeste catarinense poderá anunciar um novo reforço.

Trata-se do volante Alan Santos. O atleta de 28 anos pertence ao mexicano Tigres e estava emprestado ao Botafogo, onde fez poucos jogos em 2019. A diretoria verde-branca tenta um contrato de empréstimo com salário compartilhado.

O empresário do meio-campista viajou ao México para tentar convencer os dirigentes do Tigres a liberar o jogador, que está apalavrado com o Verdão. Alan Santos defendeu ainda Coritiba e Santos, onde foi companheiro do ex-zagueiro Neto, superintendente de futebol da Chape.

A direção da Chapecoense tenta mais contratações para o começo do Catarinão. Zagueiro canhoto e atacante de velocidade são as prioridades dos dirigentes.


Lucas Mineiro tem empréstimo encaminhado ao Cerezo Osaka (Sirli Freitas/Chapecoense)

Certo que não ficará em Chapecó, o volante Lucas Mineiro teve o seu visto de trabalho liberado e viajará nos próximos dias ao Japão. Ele será emprestado ao Cerezo Osaka. A Chape ainda não divulgou detalhes sobre a transferência.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Chapecoense vence Boavista, avança na Copa do Brasil e garante prêmio de R$ 1,3 milhão
Contra embalado Boavista, Chape defende tradição de sempre avançar na 1ª fase da Copa do Brasil
Ezequiel se considera experiente e diz que pode ajudar muito os jovens da Chapecoense
Chapecoense oficializa interesse em contratar o atacante Moisés, do Concórdia
Primeiro compromisso de Umberto Louzer vale prêmio de R$ 1,3 milhão para a Chape
Demitido, técnico Hemerson Maria agradece oportunidade de trabalhar na Chapecoense
Novo técnico da Chapecoense, Umberto Louzer tem aproveitamento superior a 50%
Umberto Louzer é o novo técnico da Chapecoense
Chapecoense anuncia saída do técnico Hemerson Maria
Concórdia goleia Tubarão e empurra Chapecoense para a lanterna do Catarinense