Chape busca a primeira vitória sobre um concorrente do mesmo porte no Brasileirão

Time do Oeste, que visita o Ceará, só venceu gigantes até agora

- Publicidade -
 

Sete dos 10 pontos conquistados pela Chapecoense na Série A do futebol brasileiro de 2019 foram contra clubes gigantes: vitórias sobre Inter e Cruzeiro e empate com o Grêmio fora de casa. A agremiação do Oeste catarinense não ganhou um jogo sequer de concorrentes diretos na luta para evitar o rebaixamento.

O time verde-branco entra em campo neste sábado, às 17h, na abertura da 14ª rodada do Brasileirão. Pela frente, um rival do “mesmo campeonato”. Em questão, o Ceará, na Arena Castelão, em Fortaleza (CE). O técnico Emerson Cris admite que mostrar força diante de equipes de porte semelhante é uma das pautas do vestiário.

“É uma tecla que a gente está batendo bastante. Manter o mesmo nível de concentração. Às vezes, esse relaxamento é natural depois de fazer um grande jogo contra um adversário muito difícil, mas se você cobra isso no dia a dia e mantém cada atleta focado naquilo que tem de cumprir, com certeza, colhe-se bom resultado também”, comentou o treinador.

Vacinada – a julgar pelas palavras de Cris – para não ter uma recaída após a grande partida contra o Tricolor, a Chape terá apenas uma alteração para encarar o Vozão. O artilheiro Everaldo recebeu o terceiro cartão amarelo e será substituído por Henrique Almeida, que não jogou em Porto Alegre (RS), devido a uma cláusula contratual – está emprestado pelos gremistas.

A Chapecoense finalizou a preparação na tarde desta sexta-feira, no CT do Ceará. O Verdão está em 17º lugar com 10 pontos, na zona do rebaixamento, enquanto os anfitriões têm 17, em 11º. A Chape precisa vencer e contar com derrota do Fluminense para o Atlético-MG, em Belo Horizonte para sair do Z4.

Adversário

O Ceará também terá uma mudança certa no time. Sai o lateral direito Samuel Xavier, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, e entra Cristovam, ex-Paraná. Outra possível baixa é o atacante Leandro Carvalho, que não participou de alguns treinos. Ele viajou a Belém (PA) para resolver problemas particulares. Se não jogar, o seu provável substituto é Mateus Gonçalves. O Vozão está motivado pela vitória por 2 a 1 sobre o Fortaleza, no “Clássico-Rei”.

 

CEARÁ x CHAPECOENSE

Ceará: Diogo Silva; Cristovam, Luiz Otávio, Valdo e João Lucas; Fabinho, Ricardinho, Thiago Galhardo e Lima; Leandro Carvalho (Mateus Gonçalves) e Felippe Cardoso. Técnico: Enderson Moreira.

Chapecoense: Tiepo; Eduardo, Gum, Maurício Ramos e Bruno Pacheco; Márcio Araújo, Augusto, Gustavo Campanharo e Camilo; Arthur Gomes e Henrique Almeida. Técnico: Emerson Cris.

Arbitragem: Rodrigo Carvalhaes de Miranda, auxiliado por Rodrigo Figueiredo Henrique Correa (Fifa) e Thiago Henrique Neto Correa Farinha – trio do Rio de Janeiro. VAR: Pathrice Wallace Corrêa Maia (RJ).

Data: 10 de agosto de 2019. Horário: 17h. Local: Arena Castelão, em Fortaleza (CE).

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Famílias de vítimas da tragédia do voo da Chapecoense se reúnem com Bolsonaro
Chapecoense vence o Avaí e respira no Brasileirão
Chapecoense perde e sai atrás na disputa pelo título catarinense sub-20 contra o Avaí
A hora é agora! Chape recebe Avaí para acalmar ambiente ou aumentar crise no Brasileirão
Chapecoense começa a decidir contra o Avaí o título do Campeonato Catarinense Sub-20
Barraquinha da Chape está no Centro
Contra o Avaí, Emerson Cris deve repetir na Chapecoense o time do empate com o Grêmio
Neto se emociona em reunião no Senado. Tragédia da Chape será tratada com Bolsonaro
Chape paga valor em carteira aos atletas, mas direito de imagem está com 3 meses de atraso
Volante da Chape, Márcio Araújo trata jogo contra o Avaí como um divisor de águas no Brasileirão