Chape busca a primeira vitória sobre um concorrente do mesmo porte no Brasileirão

Time do Oeste, que visita o Ceará, só venceu gigantes até agora

- Publicidade -
 

Sete dos 10 pontos conquistados pela Chapecoense na Série A do futebol brasileiro de 2019 foram contra clubes gigantes: vitórias sobre Inter e Cruzeiro e empate com o Grêmio fora de casa. A agremiação do Oeste catarinense não ganhou um jogo sequer de concorrentes diretos na luta para evitar o rebaixamento.

O time verde-branco entra em campo neste sábado, às 17h, na abertura da 14ª rodada do Brasileirão. Pela frente, um rival do “mesmo campeonato”. Em questão, o Ceará, na Arena Castelão, em Fortaleza (CE). O técnico Emerson Cris admite que mostrar força diante de equipes de porte semelhante é uma das pautas do vestiário.

“É uma tecla que a gente está batendo bastante. Manter o mesmo nível de concentração. Às vezes, esse relaxamento é natural depois de fazer um grande jogo contra um adversário muito difícil, mas se você cobra isso no dia a dia e mantém cada atleta focado naquilo que tem de cumprir, com certeza, colhe-se bom resultado também”, comentou o treinador.

Vacinada – a julgar pelas palavras de Cris – para não ter uma recaída após a grande partida contra o Tricolor, a Chape terá apenas uma alteração para encarar o Vozão. O artilheiro Everaldo recebeu o terceiro cartão amarelo e será substituído por Henrique Almeida, que não jogou em Porto Alegre (RS), devido a uma cláusula contratual – está emprestado pelos gremistas.

A Chapecoense finalizou a preparação na tarde desta sexta-feira, no CT do Ceará. O Verdão está em 17º lugar com 10 pontos, na zona do rebaixamento, enquanto os anfitriões têm 17, em 11º. A Chape precisa vencer e contar com derrota do Fluminense para o Atlético-MG, em Belo Horizonte para sair do Z4.

Adversário

O Ceará também terá uma mudança certa no time. Sai o lateral direito Samuel Xavier, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, e entra Cristovam, ex-Paraná. Outra possível baixa é o atacante Leandro Carvalho, que não participou de alguns treinos. Ele viajou a Belém (PA) para resolver problemas particulares. Se não jogar, o seu provável substituto é Mateus Gonçalves. O Vozão está motivado pela vitória por 2 a 1 sobre o Fortaleza, no “Clássico-Rei”.

 

CEARÁ x CHAPECOENSE

Ceará: Diogo Silva; Cristovam, Luiz Otávio, Valdo e João Lucas; Fabinho, Ricardinho, Thiago Galhardo e Lima; Leandro Carvalho (Mateus Gonçalves) e Felippe Cardoso. Técnico: Enderson Moreira.

Chapecoense: Tiepo; Eduardo, Gum, Maurício Ramos e Bruno Pacheco; Márcio Araújo, Augusto, Gustavo Campanharo e Camilo; Arthur Gomes e Henrique Almeida. Técnico: Emerson Cris.

Arbitragem: Rodrigo Carvalhaes de Miranda, auxiliado por Rodrigo Figueiredo Henrique Correa (Fifa) e Thiago Henrique Neto Correa Farinha – trio do Rio de Janeiro. VAR: Pathrice Wallace Corrêa Maia (RJ).

Data: 10 de agosto de 2019. Horário: 17h. Local: Arena Castelão, em Fortaleza (CE).

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Chapecoense fará reunião virtual do conselho deliberativo para prestação de contas de 2019
Chapecoense confirma retorno de Perotti, mas perde Denner temporariamente
Jogo da Chapecoense é cancelado após mais 9 atletas do CSA testarem positivo para covid-19
Lesões e covid-19 atrapalham a Chapecoense no início da Série B do futebol brasileiro
Umberto Louzer valoriza ponto fora, mas diz que a Chape poderia ter vencido
Chapecoense empata contra o Oeste na estreia da Série B
Vivendo momento positivo, Chapecoense começa caminhada na Série B contra o Oeste
Com jogos sem público, Chapecoense lança campanha para vender ingressos virtuais
Em busca do sétimo título do Estadual, Chapecoense faz final contra o Brusque em setembro
Atacante Lucas Tocantins é anunciado pela Chapecoense e valoriza visibilidade do clube