Chape volta a jogar mal contra concorrentes diretos e é goleado pelo Ceará no Brasileirão

Verdão parou no segundo tempo e foi engolido pelo adversário no Castelão

- Publicidade -
 

A escrita se mantém na Chapecoense. O clube do Oeste catarinense costuma fazer bons jogos contra agremiações gigantes – como nas vitórias sobre Cruzeiro e Inter e o empate fora de casa com o Grêmio –, mas diante de concorrentes diretos decepciona.

Na tarde deste sábado (10), a Chape voltou a jogar mal diante de um rival considerado do “mesmo campeonato”, ou seja, que inicia a Série A do futebol brasileiro com o primeiro objetivo de escapar do rebaixamento. O Verdão perdeu por 4 a 1 para o Ceará, na Arena Castelão, em Fortaleza (CE), pela 14ª rodada.

Os jogadores da Chapecoense entraram em campo com o nome dos seus pais na camisa em homenagem ao dia deles, que será comemorado neste domingo (11). Os papais dos atletas verde-brancos viram seus filhos se esforçarem no primeiro tempo. A equipe do técnico Emerson Cris soube controlar os donos da casa e conseguiu armar alguns contra-ataques.

A primeira etapa se encaminhava para o fim, quando Thiago Galhardo, em lance de bola parada, colocou o Vozão na frente, aos 50 minutos. O meia balançou a rede em finalização de cabeça. Os anfitriões tiveram um gol de Wescley anulado corretamente pelo VAR, aos 12 minutos. A arbitragem assinalou impedimento no lance.

A Chape parou após o intervalo. Na tentativa de empatar, os visitantes deram espaço para o Ceará explorar os contragolpes. E foi assim que aumentou a vantagem no placar, com Felippe Cardoso, aos 11 minutos. Sem reação, o Verdão levou o terceiro aos 15, em pênalti cobrado por Thiago Galhardo.

Completamente batida, a Chapecoense viu a sua rede balançar mais uma vez aos 30 minutos. Felippe Cardoso marcou, mas o árbitro do Rio de Janeiro Rodrigo Carvalhaes de Miranda invalidou, com auxílio do VAR, por verificar falta de ataque.

O Verdão diminuiu a diferença aos 43, com Renato Kayzer. Um gol para amenizar um pouco o vexame. Entretanto, um minuto depois, o Ceará volta a movimentar o escore, chegando ao quarto com Thiago Galhardo, o artilheiro do confronto com três gols. O duelo terminou com festa alvinegra.

A Chapecoense caiu uma posição na tabela. Agora está em 18º lugar, com 10 pontos, perdendo um posto para o Cruzeiro, no saldo de gols. O próximo compromisso do Verdão será domingo que vem (18), contra o lanterna Avaí, na Arena Condá, em Chapecó, a partir das 19h, pela 15ª rodada.

 

CEARÁ 4x1 CHAPECOENSE

Ceará: Diogo Silva; Cristovam (William Oliveira), Valdo, Luiz Otávio e João Lucas; Fabinho, Ricardinho, Wescley (Leandro Carvalho), Thiago Galhardo e Lima (Chico); Felippe Cardoso. Técnico: Enderson Moreira.

Chapecoense: Tiepo; Eduardo, Gum, Maurício Ramos (Hiago) e Bruno Pacheco; Márcio Araújo, Augusto, Gustavo Campanharo e Camilo; Arthur Gomes e Henrique Almeida (Diego Torres). Técnico: Emerson Cris.

Arbitragem: Rodrigo Carvalhaes de Miranda, auxiliado por Rodrigo Figueiredo Henrique Correa (Fifa) e Thiago Henrique Neto Correa Farinha – trio do Rio de Janeiro. VAR: Pathrice Wallace Corrêa Maia (RJ).

Gols: Thiago Galhardo (Ce), aos 50 do 1º tempo. Felippe Cardoso (Ce), aos 11, e Thiago Galhardo (Ce), aos 15 e 44, Renato Kayzer (Ch), aos 43 minutos.

Cartões amarelos: Cristovam e Thiago Galhardo (Ce); Henrique Almeida e Márcio Araújo (Ch).

Local: Arena Castelão, em Fortaleza (CE). Data: 10 de agosto de 2019.

 

PRINCIPAIS LANCES

Primeiro tempo

26 min – Ceará: Após cobrança de falta na ponta direita, há o cabeceio em direção ao gol, mas a bola pega na defesa, salvando a Chape. Na sequência, Camilo afasta.

32 min – Chapecoense: Em lance de contragolpe, Augusto escapa em velocidade pela direita, puxa para o meio e arrisca de esquerdo. Diogo Silva desvia para escanteio.

48 min – Ceará: Em jogada pela esquerda, João Lucas limpa a marcação e cruza para a grande área. Felippe Cardoso sobe com estilo e cabeceia. A bola passa perto.

GOL! Ceará: 50 min: Bola levantada em cobrança de falta pela direita, Thiago Galhardo aparece livre no meio da grande área para cabecear no canto, sem chance para Tiepo.

Segundo tempo

GOL! 11 min – Ceará: No contra-ataque, Thiago Galhardo acha Felippe Cardoso na grande área. O atacante, marcado por Gum, tira para o lado e bate colocado para ampliar.

GOL! 15 min – Ceará: Bruno Pacheco derruba Cristovam na grande área. Pênalti. O meia Thiago Galhardo chuta alto, no lado esquerdo. Tiepo vai na bola, mas não alcança.

42 min – Ceará: Em mais um contra-ataque, Leandro Carvalho sai à frente dos zagueiros, avança e bate cruzado, mas para em Tiepo, que espalmou para evitar o terceiro.

GOL! 43 min – Chapecoense: Em cobrança de escanteio do argentino Diego Torres, Gum cabeceia para trás e Renato Kayser, também de cabeça, sem marcação, completa para a rede.

GOL! 44 min – Ceará: Logo após a saída do centro, Thiago Galhardo recebe de Felippe Cardoso, na grande área, e bate rasteiro, tirando de Tiepo. O terceiro do meia no jogo.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Chapecoense está em preparação para a Copa São Paulo de Futebol Júnior
Quem fica? Quem sai? Quem vem? Começam as definições na Chape sobre os jogadores
"Não vamos vender ilusão ao torcedor", diz Paulo Magro, presidente da Chapecoense
Adversário definido! Chape enfrenta o Boavista na primeira fase da Copa do Brasil
Em reformulação, Chapecoense divulga a saída de 15 jogadores
Processo da Chapecoense: Confira o que dizem os acusados
Instalada CPI sobre situação de familiares das vítimas da tragédia aérea da Chapecoense
Chapecoense confirma renovação de patrocínio com a Aurora Alimentos
Comissão técnica formada! Chape anuncia profissionais que vêm com Hemerson Maria
Destaques do esporte de Chapecó em 2019 recebem o troféu Cleberson Silva