Chapecó tem atletas e técnico na seleção brasileira de handebol em cadeira de rodas

Foco da pré-convocação é a preparação para o Mundial de 2021

- Publicidade -
 

O armador Ademir Moro, o goleiro Edivan Diogo Beatto e os pivôs Paulo Roberto dos Santos, Rudimar Curti e José Luiz da Silva Rodrigues, todos da equipe PMC/Falcões, de Chapecó, foram pré-convocados para seleção brasileira de handebol em cadeira de rodas.

A convocação tem como foco a preparação para o Campeonato Mundial de 2021. O técnico chapecoense Julio Cesar da Silva também fará parte da comissão técnica do time nacional.

O camisa 10 de Chapecó Ademir Moro falou sobre a possibilidade de representar o Brasil. “Todo o atleta sonha em disputar um campeonato mundial. Sabemos que o caminho é longo e terá várias fases de treinamento, neste primeiro momento em casa. A expectativa de fazer parte da seleção é grande e estamos trabalhando com muita determinação para vencer os objetivos”, comentou.

Neste período de pandemia, os atletas farão a preparação física em casa, obedecendo às diretrizes da comissão que serão repassadas por plataforma digital. 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Campeonato Catarinense segue suspenso por 14 dias
Equipe de Tiro ao prato de Chapecó está de volta aos treinos
Diretriz técnica da FCF regulamenta presença de competidores e imprensa na volta do Catarinão
Catarinão 2020: Jogos têm datas e horários alterados
“Vamos trabalhar para manter o Galo na elite do campeonato”, afirma preparador físico, Lucas Picolotto
Felipe Tozzo tem experiência inédita e positiva na copa truck
Chapecoense Felipe Tozzo na Copa Truck
Meia Warley fica no Galo do Oeste até final de 2021
Antonella Bassani está entre as 20 selecionadas para Mundial da FIA e Ferrari para jovens pilotos na Europa
Atleta do handebol de Concórdia, Sabri Fiore fecha contrato com time espanhol BM La Calzada