Chapecoense abre o placar, mas sofre empate no fim e fica no 1 a 1 com o Bahia

Time do Oeste catarinense deixa escapar a vitória em Salvador (BA)

- Publicidade -
 

A Chapecoense esteve perto de vencer o Bahia na noite desta quarta-feira (6), em Salvador (BA), pela 31ª rodada da Série A do futebol brasileiro. Esteve. O clube do Oeste catarinense abriu o placar no início do jogo, mas cedeu o empate (1 a 1) nos últimos minutos do tempo complementar e se complicou ainda mais na luta para permanecer na divisão de elite.

No primeiro tempo, a Chapecoense se sentiu em casa no estádio que foi uma das sedes da Copa do Mundo de 2014. O Tricolor assustou o goleiro João Ricardo logo no primeiro lance, mas depois os visitantes acertaram a marcação e neutralizaram os avanços dos anfitriões. A equipe verde-branca jogava com personalidade. Não viajou apenas para se defender, tanto que aos 13 minutos abriu o placar com Henrique Almeida.

Os baianos esbarravam na defesa adversária. A única chance perigosa criada até o intervalo aconteceu aos 26 minutos, com Élber. O Verdão não teve mais oportunidades claras, porém, controlou a partida. Aos 44, Rafael Pereira é atingido no queixo pela perna de Fernandão, em disputa pelo alto, e caiu desacordado. O zagueiro da Chape foi substituído por Hiago e encaminhado ao hospital para passar por avaliação.

O técnico Marquinhos Santos promoveu mais uma mudança por lesão na volta para o segundo tempo. Henrique Almeida, que tratava uma inflamação no tendão de aquiles, sentiu dores no local, e deu lugar a Dalberto. A estratégia do Verdão era tentar um contra-ataque para definir o marcador. Portanto, ficou atrás, aguardando, entretanto, cedeu espaço para o rival pressionar.

Inicialmente, o Bahia encontrou dificuldade para suplantar os defensores, mas após os 35, com a Chape encurralada, empilhou finalizações. De tanto insistir, empatou aos 39 minutos, com Marco Antônio. Aos 44, Renato cometeu falta e foi expulso direto, mas o árbitro Vinícius Furlan reviu o lance no monitor do VAR, anulou o cartão vermelho e mostrou apenas o amarelo. Final: 1 a 1.

Penúltima colocada, a Chapecoense soma agora 22 pontos e continua distante para sair da zona do rebaixamento. Faltando apenas sete rodadas para o fim do campeonato, são 11 pontos atrás dos primeiros fora do Z4, o Botafogo e o Ceará, que têm 33 e jogam nesta quinta (8) diante de Flamengo e Inter, respectivamente, em casa. Mais acima aparece o Cruzeiro, que possui 34 e ficou no 0 a 0 com o Athletico-PR, nesta quarta, em Curitiba. O próximo desafio será neste domingo (10), às 19h, contra o Grêmio, na Arena Condá.

 

BAHIA 1x1 CHAPECOENSE

Bahia: Douglas Friedrich; Nino Paraíba, Lucas Fonseca, Juninho e Moisés; Flávio (Guerra), Gregore, Élber (Gilberto) e Marco Antônio; Artur e Fernandão (Arthur Caíke). Técnico: Roger Machado.

Chapecoense: João Ricardo; Renato, Douglas, Rafael Pereira (Hiago) e Bruno Pacheco; Amaral, Márcio Araújo, Vini Locatelli (Augusto) e Roberto; Henrique Almeida (Dalberto) e Everaldo. Técnico: Marquinhos Santos.

Arbitragem: Vinícius Furlan, auxiliado por Marcelo Carvalho Van Gasse (Fifa) e Daniel Luís Marques – trio de São Paulo. VAR: Marcelo Henrique de Góis (SP).

Gols: Henrique Almeida (C), aos 13 do 1º tempo; Marco Antônio (B), aos 39 minutos do 2º tempo.

Cartões amarelos: Arthur Caíke (B); Douglas, Roberto e Renato (C).

Público: 17.085 (total). Renda: R$ 175.076,50.

Local: Arena Fonte Nova, em Salvador (BA). Data: 6 de novembro de 2019.

 

PRINCIPAIS LANCES

Primeiro tempo

1 min – Bahia: Moisés recebe na ponta esquerda e cruza para trás. Fernandão, livre no meio da grande área, chuta de primeira, por cima.

GOL! 13 min – Chapecoense: Bruno Pacheco cobra falta da esquerda, Rafael Pereira, no segundo poste, cabeceia para o meio, Douglas desvia, também de cabeça, e Henrique Almeida, livre, testa para a rede.

26 min – Bahia: Élber passa por dois marcadores em velocidade e entra na grande área para fazer o gol, mas o chute vai sobre o travessão.

Segundo tempo

8 min – Bahia: Em cobrança de falta, Gilberto solta a pancada buscando o lado esquerdo de João Ricardo, que voa para praticar bela defesa.

15 min – Bahia: Marco Antônio arrisca de fora da área, com força. A bola vai perigosamente no canto direito. João Ricardo vai bem e pega.

37 min – Bahia: Cruzamento de Artur para a grande área, Gilberto se joga para cabecear e, novamente, João Ricardo se estica para espalmar.

38 min – Bahia: Dentro da grande área, o meia Guerra dribla dois e sai na cara de João Ricardo, que abandona a meta e defende de peito.

GOL! 39 min – Bahia: Após escanteio batido por Guerra, o meia Marco Antônio tem o tempo de dominar e mandar no canto direito do goleiro João Ricardo, que não consegue evitar o empate.

42 min – Bahia: Gilberto recebe cruzamento de Artur e cabeceia para João Ricardo defender. A bola ainda toca a trave antes de ser afastada.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Após rescindir com a Chape, Bryan diz estar 'voltando para casa' ao acertar com o Náutico
Chapecoense contra o Ceará: Amaral na zaga, nova chance a V. Locatelli e volta de H. Almeida
Chapecoense vence o Avaí e larga em vantagem na decisão do Catarinense Sub-15
Adversário de Maninho De Nes na eleição, Mano Dal Piva é o novo vice de futebol da Chape
Em clima de decisão, técnico Yan trabalha mentalidade vencedora no sub-15 da Chapecoense
Site esportivo da Itália sobre o momento da Chapecoense: falência e rebaixamento
Em reformulação fora de campo, Chapecoense começa a anunciar novos dirigentes após renúncias
Revelação da base, Hiago é o único zagueiro da Chapecoense em condição de jogo
Chapecoense pode ser rebaixada, matematicamente, na próxima rodada do Brasileirão
Chape paga salário dos funcionários com renda do último jogo. Atletas ainda esperam