Chapecoense defende vantagem em jogo decisivo diante do Avaí na Ressacada

Time do Oeste pode perder até por um gol de diferença para se classificar á semifinal da Série A do futebol catarinense

- Publicidade -
 

Duas das maiores forças do futebol de Santa Catarina se enfrentam, nesta quinta-feira (30), pelo encerramento das quartas de final da Série A do Estadual. A Chapecoense visita o Avaí, no estádio da Ressacada, às 20h, em Florianópolis, com vantagem na briga pela classificação à semifinal do campeonato.

O Verdão pode ser derrotado por um gol de diferença, direito conquistado na partida de ida, disputada na Arena Condá, em Chapecó, no dia 8 de julho, antes da suspensão de duas semanas imposta pelo Governo do Estado, por causa dos casos do novo coronavírus registrados em clubes catarinenses – a Chape foi o time que teve mais pessoas infectadas.

No primeiro jogo, a equipe do Oeste venceu o Leão da Ilha pelo placar de 2 a 0. Para reverter a situação, o clube da capital precisa ganhar por três gols de diferença. Se vencer por dois gols a mais, leva a decisão às cobranças de pênaltis. A agremiação verde-branca busca a classificação também como forma de revanche, após perder o título de 2019 nas penalidades para os azurras.

A Chapecoense divulgou a lista de relacionados para o confronto no início da noite desta quarta (29). O volante William Oliveira e o centroavante Anselmo Ramon não viajaram. Por outro lado, o técnico Umberto Louzer conta novamente com os meias Foguinho e Vini Locatelli, que devem começar no banco.

As vagas de William Oliveira e Anselmo Ramon devem ser preenchidas por Guedes e Aylon, respectivamente. Oficialmente, o clube não divulgou a razão das ausências. Em princípio, essas são as únicas mudanças em relação ao duelo de ida.

Além dos prováveis titulares (confira quadro abaixo), seguiram com a delegação o goleiro Elias, o zagueiro Derlan, o volante Ronei, os meias Lima, Vini Locatelli e Foguinho e os atacantes Rone e Alan Grafite. Cada time pode fazer cinco substituições durante a partida.

Covid-19: Um caso positivo

Na tarde de quarta, quando a delegação já estava em Florianópolis, a Chapecoense divulgou o saldo dos exames para o novo coronavírus, realizados na última segunda (27). Das 35 pessoas avaliadas, uma testou positivo. O Verdão soube dos resultados pela manhã, antes da viagem. O profissional infectado, que não teve nome e função divulgados, acabou isolado, com acompanhamento médico, e não viajou. A Chape possui 25 casos recuperados e dois ativos.

AVAÍ x CHAPECOENSE

Avaí: Lucas Frigeri; Arnaldo, Betão, Rafael Pereira e Capa; Ralf, Pedro Castro, Bruno Silva e Valdívia; Lourenço e Jonathan. Técnico: Rodrigo Santana

Chapecoense: João Ricardo; Ezequiel, Joílson, Luiz Otávio e Alan Ruschel; Guedes, Anderson Leite e Denner; Matheus Ribeiro, Aylon e Paulinho Moccelin. Técnico: Umberto Louzer.

Arbitragem: Rafael Traci, auxiliado por Helton Nunes e Thiaggo Americano Labes.

Data: 30 de julho de 2020. Horário: 20h. Local: Estádio da Ressacada, em Florianópolis (SC).

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Em vantagem, Chapecoense decide classificação contra o Criciúma à final do Catarinense
Louzer faz alerta sobre vantagem da Chapecoense: "Não adianta sentar no resultado"
Chapecoense já está no Sul do Estado para a decisão contra o Criciúma pelo Catarinense
Chape agenda exames de Thiago Ribeiro e Lucas Tocantins e sonha com ex-Corinthians
Chapecoense vence Criciúma e abre vantagem na briga por vaga à final do Catarinense
Atleta Patrícia Maldaner, da Chapecoense, é convocada para a seleção brasileira sub-17
Em confronto entre irmãos, Chapecoense recebe Criciúma pela semifinal do Catarinense
Chapecoense pode chegar à quinta final consecutiva no Campeonato Estadual
Umberto Louzer celebra 100° jogo como treinador com classificação da Chapecoense
Chapecoense empata na capital, elimina Avaí e pega Criciúma na semifinal do Catarinense