Chapecoense joga mal e perde para o CSA em Alagoas

Time alagoano ultrapassa o Verdão na classificação. Chape agora ocupa a vice-lanterna

- Publicidade -
 

Em 18º e 19º lugar no Brasileirão 2019, Chapecoense e CSA e entraram no gramado do Estádio Rei Pelé, na noite deste domingo (8), em busca dos três pontos para subir na pontuação e tentar se aproximar das vagas fora da zona do rebaixamento. Em partida aberta, com dois pênaltis desperdiçados, o time da casa levou a melhor e acabou vencendo por 2 a 0 o Verdão.

Com o resultado, a Chapecoense agora é a vice-lanterna da competição, com somente 14 pontos. O time catarinense volta a campo no próximo sábado (14), no fechamento do turno do Campeonato Brasileiro, quando recebe na Arena Condá o time do Vasco da Gama. A partida está marcada para as 20h. Já o CSA joga domingo (15) às 19h, contra o São Paulo, no Morumbi.

O jogo

A Chapecoense entrou em ritmo lento em campo. Isso foi rapidamente refletido nos primeiros lances do jogo, quando o CSA marcou dois gols, aos 4 e aos 8 minutos, sendo que ambos foram anulados. Apodi marcou após passe de Jonatan Gómez, porém, o ex-lateral da Chape estava impedido. Depois, o árbitro marcou falta de Apodi em Eduardo, no gol feito por Alecsandro.

Os alagoanos seguiram melhores e aos 20 minutos, o árbitro marcou pênalti de Maurício Ramos em Naldo. Alecsandro foi para a cobrança e bateu forte, na direita de Tiepo, que fez a defesa. A Chapecoense não conseguiu produzir nenhum lance mais perigoso. Aos 39 minutos, o CSA conseguiu abrir o placar. Alecsandro fez de cabeça após escanteio batido por Gómez.

2º tempo

Na volta do intervalo, logo aos 2 minutos o árbitro marcou pênalti para a Chapea, após a bola bater no braço de Alan Costa. Everaldo cobrou forte no canto direito de Jordi, que fez boa defesa, espalmando para escanteio. Aos 24 minutos, Márcio Araújo para o contra-ataque de Apodi e recebe o segundo cartão amarelo, deixando a Chape com um jogador a menos.

Já aos 32 minutos, outro jogador do Verdão é expulso. Gum comete falta violenta no meio de campo. O lance prossegue e quando termina, o zagueiro é expulso diretamente pelo árbitro. A Chape até tentou ir para o abafa, deixando espaço para os contra-ataques dos alagoanos, que conseguiram aproveitar no último lance do jogo, quando Jonatan Gómez marcou o segundo.

CSA 2x0 Chapecoense

CSA: Jordi; Apodi, Alan Costa, Luciano Castán e Carlinhos; Naldo (Jean Kléber), João Vitor, Dawhan e Jonatan Gómez; Héctor Bustamante (Alisson Safira) e Alecsandro (Ricardo Bueno). Técnico: Argel Fucks.

Chapecoense: Tiepo, Eduardo, Gum, Maurício Ramos (Régis) e Bruno Pacheco; Márcio Araújo, Gustavo Campanharo (Rafael Pereira) e Diego Torres; Aylon (Augusto), Everaldo e Arthur Gomes. Técnico: Emerson Cris.

Arbitragem: Vinicius Gonçalves Dias Araújo, auxiliado por Marcelo Carvalho Van Gasse (Fifa) e Luiz Alberto Andrini Nogueira – trio de São Paulo. VAR: Marcio Henrique de Gois (SP).
Gols: Alecsandro (CSA), aos 39 minutos do 1º tempo e Jonatan Gómez (CSA), aos 48 minutos do 2º tempo.
Cartões Amarelos: João Vitor, Alecsandro e Jonatan Gómez (CSA); Márcio Araújo e Rafael Pereira (CHA).
Cartões Vermelhos: Márcio Araújo (CHA) e Gum (CHA).
Local: Estádio Rei Pelé, em Maceió (AL). Data: 8 de setembro de 2019.

Principais lances:
Primeiro tempo

4 min – CSA: Na primeira chegada o CSA marca, mas o juiz marca impedimento. Jonatan Gómez encontra Apodi, que faz o gol, porém, ele estava em situação irregular.
8 min – CSA: Outro gol anulado do time da casa. O juiz entende que Apodi faz carga em Eduardo na grande área antes do gol de Alecsandro e anula o gol do CSA.
20 min – CSA: Maurício Ramos comete pênalti em Naldo. Alecsandro bateu no canto direito de Tiepo, que espalma para o alto. No rebote, o atacante comete falta em Márcio Araújo.
26 min – Chapecoense: Diego Torres rola a bola e Everaldo tenta chute rasteiro, mas Naldo bloqueia. Na sobra, o atacante invade a área e chuta, mas Carlinhos desvia e evita o gol.
Gol! 39 min – CSA: Jonatan Gómez cobra escanteio e Alecsandro aparece entre Everaldo e Bruno Pacheco na pequena área para finalmente abrir o placar para o time da casa.
Segundo tempo

2 min – Chapecoense: A bola bate no braço de Alan Costa e a arbitragem marca penalidade. O artilheiro Everaldo vai para a cobrança, mas Jordi acerta o canto e faz a defesa.
19 min – Chapecoense: Diego Torres cobra falta para a área. Everaldo ganha no alto e cabeceia, mas a bola é desviada e sai pela linha de fundo, para a cobrança de escanteio.
25 min – CSA: Ricardo Bueno recebe bolão na grande área, corta o marcador, adianta a bola, que sobra para Tiepo. O lance ocorreu logo após a Chape ficar com um a menos em campo.
26 min – Chapecoense: Everaldo aproveita lançamento na grande área e cabeceia firme. Jordi vai no alto para pegar a bola.
31 min – CSA: Jonatan Gómez puxa contra-ataque pela ponta esquerda, entra na área, encara Tiepo e acaba perdendo o ângulo, desperdiçando grande chance para o time da casa.
Gol! 48 min – CSA: Ricardo Bueno recebe, corta Rafael Pereira e inverte para Jonatan Gómez, que bate colocado, alto, sem chance para Tiepo.

1 COMENTÁRIO(S)

  1. HOJE FOI UM BOM RESULTADO Nós temos o #produto da #marca #18k #Rende até 2% ao dia #Saques todos os dias #Pagamento imediato Vem pra cima #vempratribo https://recrutador.online/18kronaldinhogaucho Mais Informações Fanpage https://www.facebook.com/18kronaldinhogauho/ Cadastre-se: https://app2.18kronaldinho.com/register/muitoforte1001 whatsapp +55-81981472684 Esteja sempre pronto para arriscar-se, afim de alcançar o sucesso

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Marquinhos Santos projeta evolução da equipe. Ouça o técnico da Chapecoense!
Chapecoense termina 1ª fase do Catarinense Sub-17 com 100% de aproveitamento
Chapecoense perde para o Inter e pode terminar a rodada na lanterna do Brasileirão
Precisamos ter coragem para buscar vitórias, diz Marquinhos. Ouça o técnico da Chape!
Com novo técnico, Chapecoense estreia no returno do Brasileirão contra o Inter no Beira-Rio
As chances de rebaixamento da Chapecoense à Série B
Chapecoense visita o Concórdia pela abertura do Catarinense de Futebol Feminino
Bruno Pacheco se inspira em 2018 na luta para evitar o rebaixamento da Chapecoense
O que dizem os setoristas do Juventude sobre o novo técnico da Chapecoense
Chapecoense conquista duas vitórias consecutivas pela primeira vez no Brasileiro Sub-20