Chapecoense se despede com vitória da Arena Condá na Série A do futebol brasileiro

Time do Oeste catarinense domina o CSA e vence pelo placar de 3 a 0

- Publicidade -
 

O torcedor da Chapecoense já pensa em 2020 e projeta uma temporada de sucesso, bem diferente desta. “Voltaremos”, anunciava a faixa colocada nas grades da Arena Condá, na noite desta quarta-feira (4). O clube do Oeste catarinense fez seu último jogo como integrante da Série A do futebol brasileiro em Chapecó. Rebaixado, o time do técnico Marquinhos Santos ao menos se despediu com estilo de sua torcida, goleando o CSA por 3 a 0, pela penúltima rodada (37ª). O resultou rebaixou os alagoanos.

Cerca de 2,4 mil torcedores ignoraram o mau tempo e foram ao estádio. Quem entrou atrasado não viu a abertura do placar. Logo a um minuto, Gustavo Campanharo recebeu de Renato Kayzer e finalizou com categoria para a rede. Gol em jogada bem trabalhada. Parecia ser a senha de uma partida elétrica. Ledo engano. Os dois times se preocuparam em tocar a bola, em ritmo de amistoso. O Verdão não tinha mais possibilidade de fugir do rebaixamento, enquanto o Azulão dependia de um milagre. Algumas chances foram criadas, mas o marcador não mudou.

No intervalo, a grande atração do duelo: o sorteio de um FIAT Mobi 0 km entre os torcedores presentes nas arquibancadas. O sortudo da promoção da CBF foi Claudinei Devilla, que pôde voltar para casa de carro novo. Com a bola rolando, a Chape ficou de dona do confronto a partir dos 10 minutos. João Vitor levou o segundo cartão amarelo e acabou expulso. O domínio verde-branco se estabeleceu, e o segundo gol não demorou a sair. Aos 13, Arthur Gomes ampliou a vantagem dos anfitriões. A superioridade era tanta que Maurício Gomes, de Gomes, fez o terceiro.

A Chapecoense, que foi para 31 pontos e continua em penúltimo lugar – atrás do CSA, que tem 32 –, tem mais um compromisso pelo Brasileirão. Neste domingo (8), enfrenta o Vasco às 16h, no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ).

 

CHAPECOENSE 3x0 CSA

Chapecoense: João Ricardo; Eduardo, Maurício Ramos, Amaral e Caíque Sá; Tharlis, Márcio Araújo, Gustavo Campanharo (Diego Torres) e Vini Locatelli (Ronei); Renato Kayzer e Dalberto (Arthur Gomes). Técnico: Marquinhos Santos.

CSA: Jordi; Dawhan, Lucas Dias, Luciano Castán e Rafinha; João Victor, Nilton, Jean Cléber e Jonatan Gómez (Matheus Prado); Bustamante (Bruno Alves) e Ricardo Bueno. Técnico: Jacozinho (interino).

Arbitragem: Alexandre Vargas Tavares de Jesus, auxiliado por Luiz Claudio Regazone e Michael Correia – trio do Rio de Janeiro. VAR: Rodrigo Nunes de Sá (RJ).

Gols: Gustavo Campanharo (Ch), a 1 do 1º tempo; Arthur Gomes (Ch), aos 13, e Maurício Ramos (Ch), aos 33 minutos do 2º tempo.

Cartões amarelos: Gustavo Campanharo (Ch); João Victor e Jean Cléber (Cs).

Cartão vermelho: João Vitor (Cs), aos 10 minutos do 2º tempo.

Público: 2.411 (total). Renda: R$ 40.670,00.

Local: Arena Condá, em Chapecó (SC). Data: 4 de dezembro de 2019.

 

PRINCIPAIS LANCES

Primeiro tempo

GOL! 1 min – Chapecoense: Renato Kayzer recebe de Eduardo em cobrança de lateral e dá bom passe para Gustavo Campanharo, que invadiu a grande área e bateu sem chance de defesa para Jordi.

20 min – Chapecoense: Gustavo Campanharo encontra espaço e bate rasteiro de fora da grande área. Jordi se atira no canto para desviar a escanteio.

28 min – Chapecoense: Eduardo capricha no cruzamento para Dalberto. Mesmo sem marcação na grande área, o atacante pega mal na bola e manda para fora.

34 min – CSA: Após escanteio cobrado por Rafinha, Jean Cleber vence disputa pelo alto e cabeceia em direção ao gol. A bola sobe e sai.

41 min – CSA: Em escanteio pela direita, Rafinha cobra de perna esquerda, em curva, e quase surpreende João Ricardo, que afasta de soco.

46 min – CSA: Falta sobre Ricardo Bueno perto da grande área. Rafinha solta a bomba e João Ricardo, com dificuldade, manda para escanteio.

Segundo tempo

4 min – Chapecoense: Renato Kayzer se livra dos marcadores e arrisca o chute de fora da grande área. A bola passa perto da trave direita de Jordi.

GOL! 13 min – Chapecoense: Após boa troca de passes pelo lado direito, Eduardo cruza rasteiro para a grande área e encontra Arthur Gomes, que domina com liberdade e chuta para a rede.

27 min – CSA: Jean Cléber aparece pela direita e descola cruzamento para Ricardo Bueno bater de primeira. João Ricardo defende no reflexo.

GOL! 33 min – CSA: Diego Torres cobra escanteio pela direita na medida, com efeito “procurante”, e encontra Maurício Ramos, que fuzila de cabeça para vencer Jordi e estufar a rede.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Chape fecha semana com testes no time, Foguinho em coletivo e Kadú aprovado em exames
Sem Joílson, técnico Hemerson Maria muda zaga em treinamento da Chapecoense
Loja oficial da Chapecoense funciona em novo endereço
Chape aguarda resposta do Tigres por Alan Santos e acerta ida de Lucas Mineiro ao Japão
Hemerson Maria dá sinais de definição no time da Chapecoense para a estreia
Contagem regressiva para o retorno de Moisés Ribeiro, volante da Chape, aos gramados
Hemerson Maria faz novos testes no meio-campo e no ataque da Chapecoense
Novo lateral da Chapecoense, Matheus Ribeiro garante: "Sempre fui um torcedor"
Chapecoense é goleada pelo Grêmio e está fora da Copa São Paulo de Futebol Júnior
Sub-20 da Chapecoense enfrenta o Grêmio em disputa de vaga às oitavas da Copa São Paulo