Com atletas e técnico do time de Chapecó, seleção brasileira vence o Pan-Americano nos EUA

Equipe de bocha feminino conquistou o bicampeonato do torneio

- Publicidade -
 

A seleção brasileira de bocha feminino retornou ao País em clima de comemoração. O time nacional faturou o bicampeonato do Pan-Americano, no último fim de semana, em Chicago, nos Estados Unidos. Uma conquista de forma invicta. Três integrantes da delegação fazem parte do grupo que representa Chapecó em competições.

Além do título geral, o Brasil ficou com os prêmios de melhor individual, melhor dupla e melhor trio. "E ainda ganhamos o título do tiro de precisão", comemorou o técnico Silvenio Mergen. Ele dirige a equipe chapecoense e esteve acompanhado no torneio pelo presidente da Confederação Brasileira de Bocha e Bolão, Walques Batista dos Santos.

O elenco brasileiro na competição intercontinental foi formado por cinco atletas. Destas, duas defendem Chapecó: Noeli Dalla Corte e Ana Caroline Martins. Marinilce Balbinot, Euclair Maria Tonus e Juceli Padilha dos Santos completaram a delegação.

 

RESULTADOS

Brasil 3x0 Estados Unidos

Brasil 3x0 Chile

Brasil 3x0 Peru

Brasil 3x0 Uruguai

Brasil 2x1 Paraguai

Brasil 3x0 Argentina

Brasil 3x0 Canadá

 

CLASSIFICAÇÃO

Campeão: Brasil

Vice: Argentina

3º lugar: Uruguai

4º lugar: Chile

5º lugar: Estados Unidos

6º lugar: Peru

7º lugar: Paraguai

8º lugar: Canadá

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Vôlei feminino de Chapecó estreia contra o Itajaí na Superliga Nacional B
Tricampeão mundial de futevôlei, Hiltinho Melo é atração em torneio em Xavantina
Equipe Chapecó Badgers abre espaço para novos atletas de futebol americano
Treinador do Concórdia, Celso Rodrigues aposta no fator local para vencer a Chapecoense
Concórdia sai na frente, mas cede a virada para o Criciúma na estreia no Catarinense
Vôlei feminino de Chapecó em contagem regressiva para a Superliga Nacional B
Contra o Criciúma, Concórdia começa a luta para evitar bate-volta no Campeonato Catarinense
Goleiro de Seara defende a seleção brasileira de handebol em classificatória ao Mundial
Delegação de Concórdia entra na onda do lixo zero em eventos esportivos
Palpitão é atrativo para o torcedor na Série A do futebol catarinense de 2020