Comissão questiona renúncia de receita prevista no orçamento

Projeto da LDO foi suspensa até a prefeitura de São Lourenço do Oeste enviar as informações solicitadas

O Legislativo de São Lourenço do Oeste aprovou a suspensão do trâmite do Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) e pedido de informação ao Executivo. Os termos são do requerimento apresentado pela Comissão Permanente de Finanças, Orçamentos e Contas, que questiona o valor significativo em renúncia de receita para o orçamento de 2020.

Conforme anexo de metas fiscais, encaminhado pela administração municipal e que trata de Estimativa e Compensação da Renúncia de Receita, soma um montante de R$ 985.800. Com isso, os membros da Comissão – a vereadora Vania Baldissera (MDB) e os vereadores Dasio Franz (PSDB) e Celso Bessegatto (PT) – apresentaram documento com o pedido.

Últimas notícias

“A Comissão solicita informações detalhadas de cada um dos itens do referido anexo, para posterior elaboração do parecer, razão pela qual, requeremos também, que seja sustada a contagem tempo regimental no período compreendido entre o protocolo de envio deste e o protocolo do recebimento da resposta”, diz o requerimento da Comissão.

Requerimento

Foi aprovado, ainda, requerimento de autoria da vereadora Loreci de Oliveira (PSDB), para que a prefeitura preste informações a respeito da não cobrança de contribuição de melhoria dos cidadãos beneficiados com a pavimentação asfáltica. Na proposição, a vereadora observa que a contribuição de melhoria é prevista pela Lei 298/1979, que institui o Código Tributário.

Vereadores aprovaram requerimentos durante sessão ordinária (Fábio Regert/CMSLO)

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Prefeitura de São Lourenço confirma obra de asfaltamento
Justiça Eleitoral realiza plantão de cadastramento biométrico neste sábado (25)
Marcilei protocola projeto para redução do Duodécimo
Câmara dos Deputados conclui votação de Medida Provisória
Os órgãos extintos e as Secretarias criadas pela Reforma Administrativa
Texto aprovado pela Alesc agrada o governo do Estado
Diretórios regionais e municipais também são obrigados a investir em candidaturas femininas
Três são condenados por fraude a licitações de Planalto Alegre
Mais um passo para a concessão do aeroporto de Chapecó
Reforma administrativa é aprovada por unanimidade na Alesc