Concórdia e Chapecoense empatam no clássico regional

Partida válida pela segunda rodada do Campeonato Catarinense foi realizada na tarde deste sábado (25)

- Publicidade -
 

Concórdia e Chapecoense se reencontraram na tarde deste sábado (25) na Série A do futebol catarinense depois de uma temporada. Em partida disputada no estádio Domingos Machado de Lima e válida pela segunda rodada da competição, as duas equipes do Oeste fizeram uma partida equilibrada e no final o placar do “clássico da linguiça” acabou empatado por 1 a 1.

As duas equipes buscavam a reabilitação no Catarinão. O técnico Celso Rodrigues, do Galo, fez duas mudanças na equipe que foi derrotada pelo Criciúma – 2 a 1 fora de casa: Lucas Silva e Tito nos lugares de Wesley Jesus e Léo Itaperuna. Já o treinador Hemerson Maria repetiu a escalação da estreia – quando o Verdão empatou contra o Avaí, na Arena Condá, em 0 a 0.

O jogo

No primeiro tempo, a Chapecoense iniciou melhor a partida e chegou duas vezes com perigo. Com o passar do tempo, o Concórdia equilibrou o jogo e chegou a abrir o placar com Tito, mas, a arbitragem assinalou, corretamente, o impedimento. O time da casa seguiu pressionado e, em boa jogada coletiva, o ataque do Galo parou em grande defesa do goleiro João Ricardo.

Na volta do intervalo, o Concórdia seguiu melhor e logo aos 5 minutos, Tharlis perdeu a bola, que sobrou para Moisés. O atacante saiu na cara de João Ricardo, teve frieza para driblá-lo e abrir o placar: 1 a 0. Logo depois, aos 13 minutos, a Chapecoense empatou. Aylon foi fazer o cruzamento, entretanto, a bola pegou efeito e acabou encobrindo o goleiro Éder: golaço!

Mesmo com o gol de empate, o técnico do Verdão fez substituições ofensivas e colocou o time para frente. Já no Galo, dois ex-jogadores da Chapecoense entraram: Neném e Neilson. Apesar das trocas, as duas equipes sentiram o início de temporada e o ritmo da partida caiu. No final, o empate acabou não sendo um bom resultado para nenhuma das duas equipes do Oeste.

CONCÓRDIA 1x1 CHAPECOENSE

Concórdia: Éder; Alison, Guilherme Café, Gabriel Peres e Calixto; Tetê (Neném), Lucas Silva, Diego Felipe e Jean Lucas (Léo Itaperuna); Moisés e Tito (Neilson). Técnico: Celso Rodrigues.

Chapecoense: João Ricardo; Matheus Ribeiro, Joílson, Derlan e Alan Ruschel; Tharlis, Ronei (Yann Rolim) e Roberto; Ari Moura (Diego Torres), Anselmo Ramon e Aylon (Vini Locatelli). Técnico: Hemerson Maria.

Arbitragem: Charly Wendy Straub Deretti, auxiliado por Helton Nunes e Diego Lenel Félix.

Gols: Moisés (Co), aos 5 minutos do segundo tempo; Aylon (Ch), aos 13 minutos do segundo tempo.

Cartões amarelos: Matheus Ribeiro, Ronei e Tharlis (Ch); Diego Felipe e Moisés (Co).

Local: Estádio Domingos Machado de Lima, em Concórdia (SC). Data: 25 de janeiro de 2020.

PRINCIPAIS LANCES

Primeiro tempo

6 min – Chapecoense: Após cobrança rápida do escanteio, a bola sobrou para Aylon que, sozinho, furou em bola, perdendo grande chance abrir o placar.

12 min – Chapecoense: Na pressão dos visitantes, a bola sobrou para Ronei, que avançou e faz o arrebate, porém, a bola saiu pela linha de fundo, perto do gol.

15 min – Concórdia: Na primeira chegada do time da casa, Moisés cruzou do lado esquerdo e Tito, de cabeça, marcou com estilo, mas, a arbitragem marcou impedimento.

32 min – Concórdia: Após boa jogada coletiva do Galo, o atacante Moisés finalizou e João Ricardo, bem colocado, fez grande defesa, impedindo o gol do Galo do Oeste.

Segundo tempo

GOL! 5 min – Concórdia: Após erro de Tharlis na saída de bola, Moisés foi acionado, driblou João Ricardo e abriu o placar para os donos da casa.

GOL! 13 min – Chapecoense: Pelo lado esquerdo, Aylon faz o cruzamento, erra, porém, acerta. A bola encobre o goleiro e o Verdão empatou o jogo.

25 min – Concórdia: Neilson, que havia acabado de entrar em campo, recebeu cruzamento e cabeceou para fora, mesmo sem nenhuma marcação.

40 min – Chapecoense: Diego Torres armou boa jogada, tocou para Yann Rolim que serviu Anselmo Ramon. O centroavante mandou muito perto do gol.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Volante Alan Santos sobre a volta dos treinos na Chapecoense: Muita alegria
Vini Locatelli avalia volta aos gramados: A Chape está nos dando toda a segurança
Técnico Umberto Louzer valoriza marca na Chapecoense: 100 dias é um número expressivo
Avaliações físicas marcam volta dos atletas da Chape ao CT
Dois dos 260 testes para covid-19 na Chape deram positivo. Clube volta a treinar quarta (27)
Preparador físico da Chape diz que é necessário um mês de treinos antes da volta dos jogos
Experiente zagueiro Kadu demonstra otimismo na Chapecoense
Chapecoense testa jogadores para covid-19. Resultados devem sair até o fim de semana
Chape anuncia rescisão de contrato com Renato. Jogador deve voltar ao Avaí
Chapecoense projeta retomada dos treinos presenciais para a próxima segunda-feira (25)