Concórdia tem 15 casos de sarampo confirmados

Maioria dos casos foi diagnosticado em adultos jovens. Enfermeira reforça importância de manter atualizado o calendário vacinal para evitar novos casos da doença

- Publicidade -
 

Nesta segunda-feira (2) foram confirmados mais dois casos de Sarampo na cidade de Concórdia. Com mais estes, sobe para 15 o nome de moradores da cidade diagnosticados com a doença. Um caso ainda está sob investigação.


A enfermeira e chefe da Unidade Sanitária de Concórdia, Mara Sampaio, explica que os pacientes são adultos jovens, na faixa etária entre 18 e 29 anos e que o contágio teria ocorrido em escolas e comércios da cidade.


Os primeiros casos começaram a aparecer em setembro e nos últimos dias aumentou. Mara conta que assim que é identificado um caso de sarampo, toda a lista de contato do paciente  é levantada e é feito contato com estas pessoas, para verificar se elas possuem todas as doses da vacina. Em caso negativo, é feita a imunização para evitar novos casos.


Mas ela reforça que é fundamental que os moradores tenham as vacinas em dia e que em qualquer sintoma da doença procurem atendimento médico. Os primeiros sintomas aparecem como os de uma gripe, seguidos de febre alta e vermelhidão – primeiro no rosto e depois espalha pelo corpo. “O problema é que os primeiros sintomas aparecem cerca de quatro dias após o contágio. E como esse contágio se dá por via aérea, a transmissão é rápida”, reforça.


Durante a última semana, a enfermeira conta que foram aplicadas 400 doses da vacina e que aproximadamente 800 procuraram as unidades de saúde para verificar a situação vacinal e a necessidade de novas doses.


Ela lembra ainda que as vacinas estão disponíveis nas unidades de saúde e que pessoas até 29 anos precisam ter as duas doses. Já quem tem entre 30 e 49 anos precisa ter uma dose da vacina. “Nas crianças menores o índice de cobertura vacinal é muito bom, porque eles seguem o calendário de vacinação”, reforça.

 

>> Estudantes que fizeram vestibular da Udesc em Chapecó têm diagnóstico confirmado <<

 

Sarampo em SC


Conforme o último relatório da Diretoria de Vigilância Epidemiológica de SC (DIVE), publicado no dia 8 de novembro, Santa Catarina registrava 94 casos da doença, a maioria deles em Joinville (25), Florianópolis (23). Neste relatório, Concórdia aparecia com 5 casos confirmados, mas conforme o município, o número de diagnósticos chegou a 15.

 

O sarampo


O sarampo é uma doença infecciosa aguda, causada por um vírus que pode evoluir para complicações e óbito. O sarampo é extremamente contagioso, podendo se espalhar facilmente pelo ar e permanecendo no ambiente por até duas horas. A transmissão ocorre através da respiração, tosse ou espirros. Uma pessoa com sarampo pode transmitir a doença para uma média de 12 a 18 pessoas que nunca tenham sido expostas ao vírus anteriormente ou que não tenham se vacinado.

 

Sintomas

• Febre Alta

• Tosse

• Coriza

• Olhos avermelhados

• Manchas vermelhas

 

A vacina é a única maneira de evitar


Crianças de 6 meses à adultos até 49 anos devem ter doses contra o sarampo no seguinte esquema:

• Crianças na faixa etária de 6 a 11 meses devem receber a dose “Zero” contra o sarampo.

• Crianças a partir dos 12 meses devem receber a primeira dose e aos 15 meses a segunda dose.

• Pessoas com até 29 anos, devem ter duas doses da vacina contra o sarampo, e dos 30 a 49 anos, é necessário ter pelo menos uma dose da vacina.

 

 

 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Justiça condena agente público que usou carro oficial para ir a um motel no Meio-Oeste
Caminhão invade casa em São Miguel do Oeste
Hospital de Xanxerê fará simulado de incêndio na próxima semana
Casal indenizará motorista de aplicativo, após o chamarem de "psicopata" em rede social
Fabricante japonesa é condenada por acidente que envolveu ex-prefeita de Catanduvas
Casal de Chapecó será indenizado pelo Estado pela morte do filho
Homem corta pé com motosserra em Itapiranga
Semana de temperaturas altas em Santa Catarina
Trânsito perto da Arena Condá terá alterações nesta terça-feira (10)
Manifestação pede socorro para a BR-163 no Extremo Oeste