Contagem regressiva para o retorno de Moisés Ribeiro, volante da Chape, aos gramados

Jogador cumpre as últimas semanas de suspensão por doping

- Publicidade -
 

A temporada de 2020 já é especial para um jogador da Chapecoense. Moisés Ribeiro está liberado para voltar aos gramados no dia 7 de fevereiro. O volante cumpre suspensão por doping, aplicada pelo tribunal disciplinar da Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol). O jogador participa normalmente da pré-temporada do Verdão.

Moisés Ribeiro, 28 anos, não joga desde 14 de fevereiro de 2018. Naquela data, o clube do Oeste catarinense ficou no 0 a 0 com o Figueirense, em casa, pela primeira fase do campeonato estadual. Dias antes, em 7 de fevereiro, a equipe verde-branca perdeu para o Nacional, do Uruguai, por 1 a 0, pela etapa preliminar da Copa Libertadores da América, também em Chapecó.

Foi no duelo internacional que o meio-campista realizou exame antidoping. O teste de urina apresentou uma substância proibida – até hoje não divulgada –, e o atleta foi suspenso por dois anos. O departamento jurídico entrou com recurso na Conmebol, mas sem sucesso. Por norma da entidade, ele sequer pôde treinar com os companheiros até o fim de 2019. Neste período, fez atividades fora do ambiente da agremiação.

Contando os dias para atuar, Moisés Ribeiro treina normalmente. “Ele tem alguns déficits musculares e de questão de mobilidade, o que é inerente à profissão, como outros atletas também. O período de inatividade dele é muito grande. Ele está inserido ao grupo, com algumas particularidades, cuidados em relação ao cansaço que ele tem nos treinos, com programa individual”, disse o preparador físico Alexandre Souza.

“O Moisés, gradativamente, vai conseguir pegar a resistência específica do trabalho.Acredito que ele vai estar à disposição do Hemerson Maria (técnico). Tem trabalhado, sentido mais que outros atletas nestes primeiros dias, mas nada muito diferente do normal. É um atleta com condição muito boa, excelente profissional, e tem tudo para ajudar a Chapecoense neste ano”, acrescentou o preparador.

Quando pode voltar a jogar

O retorno de Moisés aos jogos só pode acontecer a partir da quinta rodada do Catarinense, inicialmente marcada para 9 de fevereiro, quando a Chape visita o Marcílio Dias, em Itajaí. Dias depois, em 13 de fevereiro, às 21h30, a equipe verde-branca estreia na Copa do Brasil diante do Boavista, em Saquarema (RJ). O primeiro compromisso no ano será em 22 deste mês, contra o Avaí, às 21h30, na Arena Condá, pelo Estadual.

5ª temporada no clube

Desde janeiro de 2016 no Verdão, Moisés Ribeiro estava lesionado quando a tragédia aérea na Colômbia, em novembro daquele ano, tirou a vida de 71 pessoas, entre atletas, dirigentes e funcionários do clube, além de jornalistas, convidados e tripulantes. Ele, que se destacou na Chape em 2017, recuperava-se de uma cirurgia no joelho e não foi relacionado. O contrato do profissional vai até dezembro de 2020.

1 COMENTÁRIO(S)

  1. Este fez falta nos últimos dois anos na equipe, acredito que vai ajudar muito a nossa Chape em sua recuperação

DEIXE SEU COMENTÁRIO

“Vai ser minha volta por cima”, garante o zagueiro Joílson sobre temporada na Chapecoense
Chapecoense dá férias aos atletas e não deverá voltar a jogar antes do dia 10 de maio
"Quarentena não é férias", diz fisiologista da Chapecoense. Atletas fazem atividades em casa
Chape publica balanço financeiro de janeiro e fevereiro: déficit chega a R$ 1,7 milhão
Técnico da Chapecoense usa quarentena para avaliar rendimento do time
Chapecoense encaminha reforços para a Série B, mas espera para bater martelo
#FiqueEmCasa. Chapecoense faz campanha de prevenção contra o novo coronavírus
Atenção, torcedor! Chapecoense suspende atendimento presencial na central do sócio
Chape suspende treinos por conta do coronavírus! Médicos do clube falam sobre o assunto
Jogadores da Chape voltam aos treinos, mas programação da semana pode ser cancelada