Pai e filho são encontrados mortos e avó ferida no bairro Efapi em Chapecó

Suspeito do crime é o pai da criança e filho da idosa, de 69 anos. Ele tirou a própria vida após os crimes. Ocorrência foi no fim da tarde desta terça-feira (14)

- Publicidade -
 

A tarde da terça-feira (14) terminou de maneira inimaginável para uma família do bairro Efapi. Parentes de um homem, morador do Loteamento Alice 2, encontraram ele, de 31 anos, e o filho, de apenas três, mortos dentro da casa onde moravam. A avó da criança, e mãe do homem, também foi encontrada gravemente ferida no local.

Segundo apurado pela Rádio Efapi, a Polícia Militar foi acionada no início da noite, depois que familiares receberam um suposto áudio do homem e estranharam. Chegando no local, pela janela avistaram a idosa ensanguentada em um dos cômodos e chamaram a PM.

No local, os policiais confirmaram o óbito do pai e da criança e equipes de resgate foram chamadas para socorrer a senhora. Informações preliminares da PM indicam que o homem teria matado o filho, ferido a mãe e depois tirado a própria vida.

O local foi isolado pela PM, que acionou a Polícia Civil e o Instituto Geral de Perícias (IGP) para fazer os levantamentos periciais no local. A avó foi levada ao Hospital Regional do Oeste. As circunstâncias do crime serão investigadas pela Polícia Civil.

Delegado fala sobre investigação

De acordo com o delegado Rodrigo Moura, da Divisão de Investigação Criminal (DICFron) de Chapecó, a Polícia Civil aguardará o laudo da perícia feita no local, mas tudo indica que o que houve foi uma tentativa de homicídio contra a idosa - mãe do suspeito - e o homicídio consumado em relação à criança. 

As informações preliminares são de que o homem teria usado um objeto contundente - uma espécie de altere usado em academias - para agredir a mãe idosa, que ficou inconsciente. Ela teria recebido golpes na cabeça e pelo corpo, causando lesões gravíssimas. O menino também teria sido agredido com este objeto. Depois, o homem teria pego uma faca de cozinha e usado para tirar a própria vida. 

O delegado explica que o familiar que chegou ao local e viu a senhora caída, chamou por socorro, mas não foi possível salvar o menino. "Não tem nenhum esclarecimento até o momento sobre a motivação do crime", disse o delegado.

Moura detalha que no decorrer na semana  Polícia Civil vai ouvir todas as pessoas que tiverem que ser ouvidas para esclarecer o fato, aguardar os laudos periciais ficarem prontos para então concluir o inquérito.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Polícia prende homem que estuprou vizinha de oito anos em Chapecó
Maconha, cocaína e R$ 17 mil são apreendidos em Chapecó
Comércio de galinhas vira caso de polícia em Dionísio Cerqueira
Três são presos por repassar notas falsas em Xanxerê
Polícia prende suspeito que invadiu casa e estuprou adolescente em Chapecó
PRF flagra duas carretas com excesso de altura em Concórdia
Homem morre esmagado em acidente de trabalho em Videira
Mais infrações de trânsito, apreensões de armas e drogas em SC, aponta relatório da PRF
Casal é preso dentro de motel por tráfico de drogas
Golpe dos leilões é alvo de alerta do TJSC