Delegado Regional apresenta ações da Polícia Civil na Câmara de Chapecó

Ricardo Casagrande ressaltou a atuação contundente em diversas áreas de combate à criminalidade

- Publicidade -
 

Na sessão desta quarta-feira (12), atendendo ao requerimento proposto pelo presidente do Poder Legislativo de Chapecó, vereador Ildo Antonini (DEM), esteve presente o delegado regional de Polícia Civil, Ricardo Newton Casagrande. Na oportunidade, ele apresentou os dados e ações desenvolvidas pela Polícia Civil, no período em que se encontra no comando da 12ª Delegacia Regional de Polícia.

Casagrande destaca que Chapecó é o quinto maior município do Estado. Porém, em se tratando de segurança pública, está muito à frente dos outros quatro, maiores em extensão territorial. “Essa situação se deve aos trabalhos dos poderes constituído – Executivo, Legislativo e Judiciário –, e pelo trabalho das Polícias Civil, Militar e Guarda Municipal, que atuam na região e município, de forma integrada” explicou o delegado.

::: Participe do nosso grupo de WhatsApp :::

Ainda conforme Casagrande, um município não seguro traz dados negativos e atrapalha o desenvolvimento econômico. De forma a buscar dados positivos, são realizadas reuniões com as forças de segurança pública, para uma atuação contundente em diversas áreas de combate à criminalidade. “Chapecó é uma cidade segura e vamos manter isso a qualquer custo”, disse.

“Em 2019, foram alçados grandes resultados e, neste início de 2020, também já estamos com bons resultados. Inclusive, os grandes investimentos na Divisão de Investigação Criminal (DIC), responsável pelo combate ao tráfico de drogas, refletem nos baixos índices de criminalidade”, complementou.

::: Acompanhe as últimas notícias de Chapecó e região :::

O delegado encerrou dizendo que o crime deve ser combatido de maneira ampla e não deve ter fronteiras. A Polícia Civil desenvolve várias ações silenciosas em que o retorno vem a logo prazo. “A nossa intenção é fazer sempre o melhor pra população do município de Chapecó, em parceria com os outros órgãos de segurança pública. Atuando em conjunto, alcançamos resultados positivos”, finalizou.

Dados 2019
244 mandados de prisão 
161 prisões em flagrante
405 presos 
46 armas de fogo retiradas de circulação
405 munições retiradas de circulação 
1.700 kg de maconha apreendidos
3 kg de cocaína apreendidos
1.038 comprimidos de ecstasy apreendidos
18 veículos apreendidos
Total de prejuízo ao tráfico: R$ 110 milhões

Dados janeiro 2020
32 prisões 
6 armas retiradas de circulação
24 munições retiradas de circulação
1 kg maconha apreendido
280 g de cocaína apreendidos 
50 g crack apreendidos

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Ex-secretário da Saúde nega ter autorizado pagamento antecipado na compra dos respiradores
Polícia apreende drogas, dinheiro e rádios comunicadores em operação em Chapecó
À CPI, Borba nega qualquer participação na compra dos respiradores
Servidora diz que Zeferino definiu Veigamed como fornecedora dos respiradores
CCJ acata projeto que regulamenta educação domiciliar em SC
Amandio Junior: Conciliador no governo Carlos Moisés
Bancada do Oeste debate situação da região com empresários
Prefeitos catarinenses voltam a defender a unificação das eleições no Brasil
Ex-prefeito de Caxambu do Sul é condenado pela prática de “rachadinha”
Homem é baleado no bairro Efapi