Diretor do Sindicato dos Correios de Chapecó participa de sessão da Câmara

Governo federal anunciou a possibilidade do início do processo de privatização da estatal

- Publicidade -
 

Atendendo requerimento do vereador João Siqueira (PP), a Câmara Municipal de Chapecó recebeu na tarde de quinta-feira (7) o diretor do sindicato dos Correios de Chapecó, Claudinei Gilberto Giongo, para explanar sobre a eventual privatização dos Correios no País. Presentes em 100% dos municípios, os Correios são a maior empresa pública do Brasil.

Atualmente vinculados ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações, os Correios têm em seu quadro funcional mais de 100 mil servidores. Neste ano, o governo federal anunciou a possibilidade do início do processo de privatização da estatal. O convidado apresentou aos parlamentares, informações sobre o funcionamento dos processos de trabalho.

::: Participe do nosso grupo de WhatsApp :::

“Os Correios prestam um serviço de excelente qualidade em todo o Brasil. Somos responsáveis pela entrega das provas do Enem, dos livros didáticos das escolas públicas do Brasil, ainda, de documentações importantes, entre outros itens essenciais para o funcionamento de nosso País”, explicou o diretor, lembrando que a estatal emprega 105 mil pessoas.

::: Acompanhe as últimas notícias de Chapecó e região :::

Giongo também fez apelo aos vereadores para que se manifestem contrários à privatização da estatal. “Acredito que a privatização seja um retrocesso, não concordo com os argumentos que defendem esse ato e, por isso, peço aos vereadores para que nos apoiem nessa causa”, finaliza. Em Chapecó, uma moção de apelo sobre o caso já foi aprovada.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

PL do rescaldo dos benefícios fiscais chega à Assembleia Legislativa
Alesc homenageia os 50 anos da Cooperativa Aurora
Rodovia SC-160 passa a se chamar Rodovia Milton Sander
Município de Águas Frias promove eventos comemorativos
Ex-prefeito de Nova Itaberaba perde direitos políticos por três anos
Secretário de Cordilheira Alta descarta possibilidade de fusão
Reforma da Previdência é promulgada pelo Congresso
Bolsonaro assina Medida Provisória que extingue o Dpvat
Lideranças lançam Frente Parlamentar em Favor da Nova Rota do Milho
Julgamento da apelação criminal do ex-presidente Lula será dia 27