Diretoria executiva da Chape se reúne para definir sobre contratação de treinador

Presidente em exercício do clube, Paulo Magro, afirma que nenhum técnico foi procurado. Nome de Lisca é o mais cotado

- Publicidade -
 

Uma reunião nesta terça-feira (10) entre integrantes da diretoria executiva da Chapecoense vai tratar da situação da contratação de um novo técnico. O presidente licenciado Plínio David De Nes Filho, o Maninho, não participará do encontro. A tendência é a vinda de um profissional para o lugar de Emerson Cris, que, neste caso, voltaria à função de auxiliar.

O presidente em exercício, Paulo Magro, disse nesta segunda (9) que a direção não contatou treinador algum e só iria discutir sobre o assunto após o retorno da delegação. “Tem muita especulação”, afirmou. O grupo desembarcou à noite em Chapecó. O vice de futebol Cleimar Spessatto e o gerente Michel Gazola acompanharam o Verdão na derrota por 2 a 0 para o CSA.

O mais cotado para assumir a Chape é Lisca, que foi demitido do Ceará em abril após livrar o Vozão do rebaixamento na Série A em 2018.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Objetivo de Vini Locatelli: levar a Chape de volta ao seu lugar, a Série A do Brasileiro
Após paralisação, missão de Matheus Ribeiro será se firmar no time da Chapecoense
“Vai ser minha volta por cima”, garante o zagueiro Joílson sobre temporada na Chapecoense
Chapecoense dá férias aos atletas e não deverá voltar a jogar antes do dia 10 de maio
"Quarentena não é férias", diz fisiologista da Chapecoense. Atletas fazem atividades em casa
Chape publica balanço financeiro de janeiro e fevereiro: déficit chega a R$ 1,7 milhão
Técnico da Chapecoense usa quarentena para avaliar rendimento do time
Chapecoense encaminha reforços para a Série B, mas espera para bater martelo
#FiqueEmCasa. Chapecoense faz campanha de prevenção contra o novo coronavírus
Atenção, torcedor! Chapecoense suspende atendimento presencial na central do sócio