Divulgação de fotos íntimas de mulher de Pinhalzinho é investigada

Polícia Civil alerta que compartilhar conteúdo que contenha pornografia sem autorização da vítima é crime

- Publicidade -
 

A Polícia Civil de Pinhalzinho informa à população que está investigando divulgação de fotos íntimas de uma mulher de Pinhalzinho. A primeira divulgação ocorreu nos últimos dias por uma mulher de Chapecó, já identificada. Porém, estão sendo adotadas providências para identificar e responsabilizar as demais pessoas que tenham dado encaminhamento às imagens neste município. 

>> Últimas notícias <<

A Polícia Civil alerta que quem compartilha (inclusive por meio de redes sociais) conteúdo que contenha pornografia, nudez ou cena de sexo, sem autorização da vítima, comete crime previsto no Código Penal. A pena é de reclusão de um a cinco anos. Denúncias podem ser feitas por meio do telefone 181. 


DEIXE SEU COMENTÁRIO

Réu é condenado a 33 anos por feminicídio, estupro e roubo de ex-companheira em Chapecó
Foragido é preso pela Guarda Municipal em Chapecó
Bombeiros flagram homem assinando documentos em nome de outra pessoa em Chapecó
Polícia Civil procura homem investigado por assassinato de adolescente em Planalto Alegre
Homem com mandado de prisão por agressão à mulher é detido em Chapecó
Homem que furtou carro em test-drive tem condenação mantida em São Miguel do Oeste
Ministério Público apura supostas irregularidades em concurso público em Guatambu
PRF flagra 325 motoristas embriagados durante o fim de semana
Quatro pessoas ficam feridas em acidente em Pinhalzinho
Motorista é socorrido após acidente, mas morre no hospital em Campo Erê