Duplicação da avenida Leopoldo Sander começa em maio

Expectativa da Prefeitura de Chapecó é dar a ordem de serviço no dia em que entregar a obra do elevado

- Publicidade -
 

Bruno Pace Dori
politica@diariodoiguacu.com.br

Importante ligação entre a avenida Attilio Fontana (para quem chega da SC-283) e o Contorno Viário Oeste (para quem vem da SC-480) até o acesso Plínio Arlindo De Nes (BR-480), que é a saída para a BR-282, a avenida Leopoldo Sander tem 4,5 quilômetros e sua pista simples não comporta mais o intenso tráfego diário, especialmente, de caminhões transportando cargas.

::: Participe do nosso grupo de WhatsApp :::

Após medidas paliativas de recuperação do asfalto, a Prefeitura de Chapecó montou um plano e conseguiu financiamento para duplicar a Leopoldo Sander. No momento, o projeto está em fase final de adaptações. Conforme o prefeito Luciano Buligon, a expectativa é que a licitação seja lançada até o fim de fevereiro. “Tem alguns pontos que estão em ajustes”, justificou.

Segundo o prefeito, a ordem de serviço deve ser dada após a conclusão do elevado da Attilio, prevista para acontecer até o fim de abril. “Se não houver nenhum imprevisto com o processo licitatório, vamos dar a ordem de serviço das obras da Leopoldo Sander no mesmo dia em que o elevado por inaugurado. Assim, a duplicação provavelmente iniciará no mês de maio”, disse.

Revitalização completa e ciclovia

O projeto de duplicação da Leopoldo Sander inclui um túnel próximo à subestação da Celesc, para passagem de veículos pequenos e travessia de pedestres. Ainda, será feito um pequeno elevado na esquina com a rua Faxinal dos Guedes, local que dá acesso aos bairros Cristo Rei e Eldorado e que possui bastante fluxo, para os motoristas que precisam atravessar a avenida.

O prefeito comentou que o antigo asfalto será todo revitalizado. “Além de dobrar o número de pistas, de duas para quatro, a construção de uma passagem para veículos e de um pequeno elevado devem garantir maior fluidez ao trânsito da Leopoldo Sander. Ela é uma via rápida, de ligação entre rodovias, então, a duplicação atende a uma demanda bastante antiga”, ressaltou.

Além da duplicação e da restauração completa da pista, também será construída uma ciclovia em toda extensão da avenida. “A ciclovia será de um lado da via. Os projetos futuros sempre vão contemplar esse tipo de modal”, destacou. Conforme Buligon, a avenida Leopoldo Sander por ser uma via rápida, terá além de túnel e elevado, sinalização de segurança aos pedestres.

Os custos do projeto e os recursos

No projeto também está incluída a drenagem e a recuperação asfáltica da avenida Fernando Machado, no trecho entre o início da BR-480 e o Shopping, e o alargamento da rua Xanxerê, que possui grande tráfego. “Esse local frequentemente alaga, então vamos fazer as obras de drenagem primeiro, para poder recuperar a pista. E a rua Xanxerê precisa ser melhorada”.

Buligon salientou que, como o projeto está sofrendo adequações, é difícil no momento prever o custo. Porém, ele acredita que a duplicação da Leopoldo Sander, a recuperação do trecho da avenida Fernando Machado e o alargamento da rua Xanxerê devam ficar entre R$ 25 milhões e R$ 30 milhões. “Próximo do lançamento da licitação vamos ter um valor mais exato”, finalizou.

O dinheiro dessas obras é proveniente do empréstimo acessado pela Prefeitura de Chapecó no final do passado, no valor de R$ 100 milhões. Deste total, R$ 92 milhões foram junto à Caixa Econômica Federal, no Programa de Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento (Finisa) – Modalidade Apoio Financeiro, que prevê obras de infraestrutura e de saneamento básico.

::: Acompanhe as últimas notícias de Chapecó e região :::

O prefeito Luciano Buligon disse, ainda, que a administração municipal projeta a construção de outro elevado em Chapecó, esse na chamada rótula da Bandeira, que realiza a conexão entre a avenida Leopoldo Sander e a BR-480, saída para a BR-282. Neste caso, Buligon projeta deixar o projeto executivo concluído e iniciar a busca por recursos junto às esferas federal e estadual.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Bancada do Oeste elege novo coordenador e define prioridades para 2020
Casan e Consórcio Iberê renovam convênio para proteção da Mata Ciliar
PSL catarinense notifica quatro deputados sobre processo de expulsão
Entenda como vai funcionar a escola cívico-militar de Chapecó
Reunião debate transporte e destino de resíduos sólidos em Chapecó
Experiência do programa Lixo Zero é apresentada em Lages
PSD catarinense reúne prefeitos em Florianópolis
Projetos alteram pontos do Código Ambiental em Santa Catarina
Moção da Acamosc pede recuperação completa da BR-282
OPINIÃO: Reforma da Previdência em Santa Catarina