Governo do Estado envia proposta do Orçamento 2020 para Alesc

Mais de R$ 800 milhões correspondem a gastos sem cobertura pelas receitas orçamentárias

- Publicidade -
 
O Governo do Estado encaminhou para a Assembleia Legislativa do Estado (Alesc) o projeto de Lei Orçamentária Anual (LOA) para 2020. O documento, elaborado sob a coordenação da Secretaria da Fazenda (SEF), detalha todas as receitas e as despesas do Estado para o exercício financeiro do próximo ano. As receitas orçamentárias estimadas somam R$ 28,9 bilhões.

Já as despesas foram fixadas em R$ 29,7 bilhões, das quais R$ 804.239.754 correspondem a gastos sem cobertura pelas receitas orçamentárias. A Previdência Social será a maior despesa do Governo do Estado em 2020, totalizando R$ 5,97 bilhões. Na sequência, Educação (R$ 4,53 bilhões), repasse aos Poderes (R$ 3,85 bilhões), Saúde (R$ 3,75 bilhões) e Segurança Pública (R$ 2,84 bilhões), respeitando as vinculações constitucionais e legais.


“A previsão orçamentária para o ano que vem foi desenvolvida utilizando uma nova metodologia, que prima pela realidade orçamentária do caixa do Estado. Estamos entregando os números das receitas e despesas do Estado com transparência e responsabilidade”, afirma a secretária adjunta da SEF, Michele Roncalio.

Além do Executivo, a LOA inclui a previsão de repasse de recursos para o Poder Judiciário (R$ 1,8 bilhão), Poder Legislativo (Alesc e Tribunal de Contas do Estado – R$ 889,9 milhões), Ministério Público (R$ 740 milhões) e Universidade do Estado de Santa Catarina – Udesc (R$ 496 milhões). Já os repasses aos municípios somam R$ 7,13 bilhões.


A LOA 2020 pautou-se na limitação de gastos com custeio à variação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) e à racionalização da estrutura administrativa, como a redução de 31 Unidades Orçamentárias promovidas pela reforma administrativa do Governo do Estado em 2019.

O Orçamento é elaborado pelos três poderes (Executivo, Judiciário e Legislativo) e consolidado pelo Executivo. A LOA é apreciada pelo Poder Legislativo, que pode alterá-la por meio de emendas. A votação da LOA deve ser feita até o último dia parlamentar do exercício do ano anterior a sua execução, neste caso 20 de dezembro de 2019.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

MDB de Chapecó elege novo diretório e define executiva
Deputados estaduais do PSB mantêm mandatos
Justiça manda prender vereador Arestide Fidelis
TRE é unânime em manter mandato do deputado Bruno Souza
Requerimento para CPI sobre concurso da PM é lido em Plenário
MDB de Xanxerê realiza convenção municipal no domingo
IGP presta contas de serviços realizados em Chapecó
Observatório Social contesta gastos da Câmara de Chapecó
Municípios catarinenses comemoram aprovação da regra para divisão de recursos do pré-sal
Deputados estaduais e os problemas com seus partidos