Bombeiros de Guaraciaba alertam para riscos de incêndios em época de pouca chuva

Foram três ocorrências de incêndio em vegetação atendidas nas Linhas São Luís, São Vicente e Guataparema no início desta semana. Todas no interior do município.

- Publicidade -
 

No início desta semana, o Corpo de Bombeiros de Guaraciaba atendeu três incêndios de grandes proporções em vegetação rasteira, reflorestamento e vegetação nativa, nas linhas São Luís, São Vicente e Guataparema. Todas no interior de Guaraciaba.

Segundo o Corpo de Bombeiros, destaque  vai para o incêndio da Linha Guataparema onde a solicitação chegou no início da tarde de segunda-feira (9) e atendimento seguiu até às 2h de terça-feira (10), quando após mais de 12 horas de trabalho o incêndio florestal foi controlado.

O fogo atingiu áreas de reflorestamento de eucaliptos e áreas de vegetação nativa, perfazendo uma área total de aproximadamente 45 hectares.

As condições meteorológicas, temperatura alta, baixa umidade relativa do ar e fortes ventos colaboraram para a propagação das chamas e dificultou a atuação dos profissionais do corpo de bombeiros. O terreno íngreme e sem acesso por estradas para a chegada de viaturas de combate a incêndios, dificultou ainda mais, uma vez que o combate tinha que ser feito com abafadores e bombas costais, transportadas a pé por longas distâncias.

Segundo o Corpo do Bombeiros, além dos profissionais e da estrutura do Corpo de Bombeiros Militar de Guaraciaba, também participaram do atendimento da ocorrência bombeiros de São José do Cedro, de Anchieta e de São Miguel do Oeste. No total entre bombeiros militares e bombeiros comunitários, 30 pessoas trabalharam, muitos, por mais de 12 horas no combate às chamas.

Para identificar melhor as áreas e focos de incêndio, os bombeiros usaram um drone. O aparelho foi importante para fornecer informações do ambiente, facilitando a definição das ações a serem tomadas no combate às chamas.

Incêndio de copa

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o incêndio, em razão das condições do terreno e meteorológicas, teve uma característica não comum em nossa região: o incêndio de copa, isso acontece quando o fogo se espalha pela copa das árvores, no local, em alturas superiores a 15 metros com alta capacidade de propagação e sem condições de combate direto.

Após o controle principal do incêndio e a realização de aceiros para contenção e proteção de residências e áreas ainda não afetadas, o local permaneceu sendo monitorado. Ainda nesta quarta-feira (11) uma equipe atua na área para que não surjam novos focos.

Alerta

Corpo de Bombeiros Militar de Guaraciaba alerta para o risco de incêndios durante esta época de pouca chuva, não apenas no período de geadas e estiagem, mas ao longo de todo o ano. O Corpo de Bombeiros Militar orienta a população para que as pessoas não queimem lixo, terrenos e pastagens. A ação pode gerar graves acidentes, pois o vento pode espalhar as chamas.

A corporação recomenda também que se evite acender fogueiras em áreas de vegetação, além de não jogar bitucas de cigarro na mata ou mesmo em beira de estradas.

Telefone de emergência

Ao ver um incêndio em vegetação, a recomendação é ligar imediatamente para o telefone de emergência 193.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Fogo destrói duas casas em Concórdia
Acidente com 3 carros deixa ao menos 4 feridos na Getúlio Vargas em Chapecó
Primavera começa com temperatura baixa em Santa Catarina
Motorista sai de pista e capota o veículo em Concórdia
Idoso fica ferido após carreta tombar no Centro de Guaraciaba
Carro desgovernado atinge cinco carros estacionados no Centro de São Lourenço
Madeireira pega fogo em Lageado Grande
9 cursos para quem gosta de animais
Moeda Verde promove ação no Dia Mundial da Limpeza
5ª Semana Farroupilha do shopping de Chapecó tem diversas atividades