Jogadores da Chape dedicam conquista a massagista Douglas Mendes, que morreu em junho

Grupo fez homenagem após a vitória sobre o Brusque, no Augusto Bauer

- Publicidade -
 

Os jogadores da Chapecoense fizeram uma homenagem após a vitória por 1 a 0 sobre o Brusque, neste domingo (13), no estádio Augusto Bauer, no Vale do Itajaí, e a consequente conquista do título da Série A do futebol catarinense.

O grupo verde-branco dedicou o troféu de campeão a Douglas “Crespo” Mendes. Ele era massagista do time e morreu no dia 20 de junho deste mês, vítima de um mal súbito em um jogo de futebol com os amigos. A morte de Paizinho, apelido dado aos atletas, aconteceu na semana em que o prefeito Luciano Buligon assinou decretou liberando a prática da tradicional “pelada” no município. Douglas tinha 49 anos.

Em Brusque, durante a comemoração no gramado, o time do Verdão tirou fotos com uma faixa em memória a Douglas, com as seguintes palavras: “Paizinho, essa estrela é para você. Eterno em nossos corações”.

A Chape poderia perder até por um gol de diferença, pois vencera a partida de ida, em Chapecó, por 2 a 0. Foi a sétima vez que a agremiação do Oeste faturou o Estadual.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Time feminino da Chapecoense retoma as atividades de olho no Brasileiro da Série A2
Bruno Silva e Evandro entram no BID e estão regularizados para reforçar a Chape
Chape sem Alan Ruschel e Denner contra o Náutico. Thiago Ribeiro é relacionado
Zagueiros da Chapecoense apresentam a nova camisa número 3 para celebrar título
Chapecoense volta a treinar após conquista do Estadual e apresenta atacante Felipe Garcia
Em 3 anos, Louzer vence 2° estadual da carreira. Primeiro no Guarani, agora na Chape
Para soltar grito de 'é campeão'. Chape chega com festa após resgatar hegemonia em SC
Jogadores da Chape dedicam conquista a massagista Douglas Mendes, que morreu em junho
Título premia recuperação da Chapecoense no Estadual
Campeã estadual, Chape desembarca em Chapecó na manhã desta segunda-feira