Jogo da Cooperação na Arena Condá celebra os 50 anos da Aurora Alimentos

Amistoso reuniu diretores e funcionários da cooperativas, além de convidados, com destaque para ex-jogadores como Jakson Follmann

A cooperação é um ato indispensável no futebol. O dicionário diz que o verbo cooperar significa “atuar, juntamente com outros, para um mesmo fim; contribuir com trabalho, esforços, auxílio; colaborar”. O jogador que balança a rede ganha notoriedade, mas o gol é o efeito de uma construção coletiva.

Portanto, nada mais justo que o esporte mais popular do Brasil fizesse parte da programação festiva dos 50 anos da Coopercentral Aurora Alimentos. A comemoração do cinquentenário de uma das maiores cooperativas do Brasil teria de ser em um palco especial. E foi. As portas da Arena Condá, a casa da Chapecoense, foram abertas para receber um jogo diferente na noite desta sexta-feira (12).

As estrelas da partida não foram os atletas do Verdão. Diretores e funcionários da empresa entraram em um campo que recebe jogos da Série A do futebol brasileiro, para celebrar a amizade e a parceria. Dirigentes e ex-jogadores de Chape, Ypiranga e Atlântico Futsal – ambos de Erechim (RS) –, clubes patrocinados pela Aurora, além de convidados, também participaram da festa.

Camisa 50 às costas

Todos os craques da cooperação usaram camisa da Chapecoense com o número 50 às costas. Havia o nome do jogador para diferenciar. Apresentações musicais e de dança incrementaram o evento. Com a bola rolando, o time de verde levou a melhor. Venceu por 3 a 1, com gols de Carlinhos Moro, Caciano e Clodoaldo. Ildo marcou para a equipe de branco.

Um dos seis sobreviventes da tragédia aérea da Chape, em novembro de 2016, na Colômbia, o ex-goleiro Jakson Follmann foi o centroavante da equipe verde no primeiro tempo. Ele teve parte da perna direita amputada – usa prótese desde então – e hoje atua no clube como embaixador. O ex-goleiro Nivaldo também jogou.

Mais de 600 litros de leite doados

O time de verde ganhou, mas o sentimento de vitória era comum entre os jogadores das duas equipes. Um show pirotécnico serviu como trilha para cumprimentos e abraços ao fim do duelo. O placar ficou em último plano. De importante mesmo, o espírito de cooperação. A entrada era gratuita, mas o público doou 676 litros de leite, que serão entregues a instituições sociais de Chapecó. 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Copa Catarinense de Futsal entra no returno. Rodada tem quatro partidas no Oeste
Concórdia divulga como ficaram as camisas para a Segundona catarinense 2019
Concórdia anuncia o atacante Brasão e o lateral Igor Bosel para a Segundona
Galo do Oeste confirma a contratação de dois zagueiros
Reunião final da Copa Portal DI será nesta segunda-feira. Inscrições estão abertas
Chapecoenses participam de congresso do Comitê Olímpico Brasileiro em São Paulo
Concórdia define a comissão técnica para a Segundona 2019
Campeonatos estaduais da Liga Catarinense de Futsal movimentam a região Oeste
Cerca de 2 mil atletas participam da Meia Maratona Aurora nas ruas de Chapecó
Chapecoense Felipe Tozzo faz a pole, mas termina em 9º na Mercedes-Benz Challenge