Jovem é vítima de estupro em Pinhalzinho

Crime aconteceu na madrugada desta segunda-feira (12). Bombeiros foram chamados para atender a vítima

- Publicidade -
 

Uma jovem de 20 anos foi vítima de estupro em Pinhalzinho. O crime foi registrado pelo Corpo de Bombeiros por volta das 5h desta segunda-feira (12), quando eles foram acionados para prestar socorro à vítima.

Segundo os Bombeiros, quando as equipes chegaram no local, a Policia Militar já estava lá. A vítima estava no pátio de uma casa de moradores, deitada. Ela contou que foi abusada e apresentava sangramento.

Após avaliação e realização dos procedimentos ela foi levada ao hospital de Pinhalzinho para atendimento médico.

Suspeito preso

De acordo com a Polícia Civil, o suspeito do crime foi preso pouco após o estupro. Segundo o delegado Jerônimo Vieira, o homem tem 26 anos e já tem passagens, inclusive por outro crime de estupro cometido em 2014. Naquela oportunidade, ele havia sido preso.

Após o crime desta segunda-feira (12), o homem foi localizado e preso no mesmo bairro onde cometeu o crime. Segundo a Polícia Civil, a prisão ocorreu no momento em que ele tentava desatolar seu carro e limpar os vestígios do crime.

O suspeito foi preso em flagrante e indiciado por estupro. Ele foi encaminhado para a Unidade Prisional Avançada (UPA) de Maravilha, onde ficará à disposição da justiça. 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Polícia Civil prende traficante em Nova Erechim
Moto com registro de furto/roubo é recuperada em Chapecó
PM é chamada para atender agressão e localiza homem com mandado de prisão em Chapecó
Polícia Civil de Descanso recebe submetralhadora com capacidade para 30 munições
Jovem de 18 anos é detido com crack e maconha em Chapecó
Réu é condenado por tentar matar irmão, que não vendeu cerveja fiado em Lindóia do Sul
Moto com mais R$ 37 mil em débito é apreendida em Chapecó
Advogado condenado por abusar sexualmente de crianças no Meio-Oeste tem prisão decretada
Foragido há 8 anos é preso em São Lourenço do Oeste
Rapaz é detido vendendo drogas no bairro Efapi em Chapecó