Lançado livro com relatos de pessoas com esclerose múltipla em Chapecó

Livro traz a história de 14 personagens e está disponível para empréstimo na Biblioteca da Unochapecó, e pode ser comprado por meio do site da editora, no formato impresso ou digital

- Publicidade -
 

Gabriel Kreutz

Em frente à Biblioteca Professora Oneida Belusso, na noite de segunda-feira, ganhou vida uma nova obra, fruto de um trabalho entre a Unochapecó e a comunidade, que poderá auxiliar muitas pessoas.

O livro 'Relatos e Retratos Sobre a Esclerose Múltipla', organizado pelas professoras do curso de Fisioterapia, Aline Martinelli Piccinini e Michele Minozzo dos Anjos, conta histórias de integrantes do Grupo de Apoio aos Pacientes com Esclerose Múltipla de Chapecó (Gapem).

A parceria entre o curso e o Gapem surgiu no ano passado, com a realização do 1º Encontro do Dia Nacional de Conscientização da Esclerose Múltipla. A partir desse evento, foi lançada a ideia de organizar um livro contando a história de vida das pessoas que apresentam a doença, para ajudar outras que vêm recebendo o diagnóstico.

>> Últimas notícias

"Fizemos um roteiro de perguntas e duas estudantes do curso foram até a casa de cada uma das personagens, com horário marcado, para coletar a história delas. Depois, foram transcritas e a gente deu uma reorganizada na estrutura dos relatos. O livro é importante pois essas histórias servirão como exemplo para outras pessoas, para que elas possam se identificar e ver como essas pessoas aprenderam a conviver com a doença", conta a professora Aline.

Ao todo, o livro traz a história de 14 personagens, uma delas é Sandra Mara Piovesan, diagnosticada com a doença há quase 13 anos, e uma das fundadoras do Gapem, em 2012.

"Essa obra é uma iniciativa super importante para a conscientização, porque a esclerose múltipla tem sintomas que se confundem com muitas outras doenças. Então, o quanto antes as pessoas perceberem que devem procurar um neurologista para fazer uma ressonância e uma investigação voltada à esclerose, mais chances elas têm de ter uma vida normal, sem sequelas e tomando os remédios certos, com orientação médica", relata.

Sandra completa que, após a coleta de depoimentos de alguns participantes do Grupo, outros também se mostraram interessados em participar da iniciativa.

:: Receba as informações do Portal DI no seu whats

"Depois que o livro foi escrito, surgiram outros pacientes que demonstraram vontade de participar com seus relatos. Então, caso seja realizada uma segunda edição, já teremos novas pessoas para contarem suas histórias".
O livro já está disponível para empréstimo na Biblioteca da Unochapecó, e pode ser comprado por meio do site da editora, no formato impresso ou digital.

O lançamento contou com a participação de membros da Unochapecó e do Gapem (Foto - Unochapecó)

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Prefeitura de Blumenau cancela Oktoberfest 2020
Chris Flores comandará “Desejos de Mãe” o novo programa do SCC/SBT
Nasa e ESA divulgam imagens do Sol obtidas pela Solar Orbiter
Unochapecó lança podcast de entrevistas
Enem e vestibular: o que não fazer na hora da redação
Cinco passos para a higienização correta de frutas, verduras e legumes
Saiba o que entra na Netflix em julho
Como descobrir mentiras por trás das máscaras
Usuários relatam bug no whatsapp que deixa todo mundo “off-line”
BRF moderniza processos no campo com aplicativo para integrados