Lançado livro com relatos de pessoas com esclerose múltipla em Chapecó

Livro traz a história de 14 personagens e está disponível para empréstimo na Biblioteca da Unochapecó, e pode ser comprado por meio do site da editora, no formato impresso ou digital

- Publicidade -
 

Gabriel Kreutz

Em frente à Biblioteca Professora Oneida Belusso, na noite de segunda-feira, ganhou vida uma nova obra, fruto de um trabalho entre a Unochapecó e a comunidade, que poderá auxiliar muitas pessoas.

O livro 'Relatos e Retratos Sobre a Esclerose Múltipla', organizado pelas professoras do curso de Fisioterapia, Aline Martinelli Piccinini e Michele Minozzo dos Anjos, conta histórias de integrantes do Grupo de Apoio aos Pacientes com Esclerose Múltipla de Chapecó (Gapem).

A parceria entre o curso e o Gapem surgiu no ano passado, com a realização do 1º Encontro do Dia Nacional de Conscientização da Esclerose Múltipla. A partir desse evento, foi lançada a ideia de organizar um livro contando a história de vida das pessoas que apresentam a doença, para ajudar outras que vêm recebendo o diagnóstico.

>> Últimas notícias

"Fizemos um roteiro de perguntas e duas estudantes do curso foram até a casa de cada uma das personagens, com horário marcado, para coletar a história delas. Depois, foram transcritas e a gente deu uma reorganizada na estrutura dos relatos. O livro é importante pois essas histórias servirão como exemplo para outras pessoas, para que elas possam se identificar e ver como essas pessoas aprenderam a conviver com a doença", conta a professora Aline.

Ao todo, o livro traz a história de 14 personagens, uma delas é Sandra Mara Piovesan, diagnosticada com a doença há quase 13 anos, e uma das fundadoras do Gapem, em 2012.

"Essa obra é uma iniciativa super importante para a conscientização, porque a esclerose múltipla tem sintomas que se confundem com muitas outras doenças. Então, o quanto antes as pessoas perceberem que devem procurar um neurologista para fazer uma ressonância e uma investigação voltada à esclerose, mais chances elas têm de ter uma vida normal, sem sequelas e tomando os remédios certos, com orientação médica", relata.

Sandra completa que, após a coleta de depoimentos de alguns participantes do Grupo, outros também se mostraram interessados em participar da iniciativa.

:: Receba as informações do Portal DI no seu whats

"Depois que o livro foi escrito, surgiram outros pacientes que demonstraram vontade de participar com seus relatos. Então, caso seja realizada uma segunda edição, já teremos novas pessoas para contarem suas histórias".
O livro já está disponível para empréstimo na Biblioteca da Unochapecó, e pode ser comprado por meio do site da editora, no formato impresso ou digital.

O lançamento contou com a participação de membros da Unochapecó e do Gapem (Foto - Unochapecó)

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Confira a lista de filmes da Netflix indicados ao Oscar 2020
Veja o que esteve em alta no Google no Brasil em 2019
2020 é ano bissexto: saiba porque o ano tem um dia a mais e curiosidades sobre a data
Cantor de Guatambu se classifica para a próxima fase do The Voice Kids
2020 terá 11 feriados nacionais em dias de semana
Ano novo será regido por Xapanã, orixá da transformação
10 Atividades para fazer com os filhos nas férias
Que roupa usar? O que comer? Veja as superstições para um 2020 mais próspero
Jakson Follmann é o campeão da terceira temporada do Popstar
Follmann está na final do Popstar