Luciano Buligon faz balanço das ações deste ano e projeções para 2020

Prefeito de Chapecó participou do Programa Pauta Livre, transmitido pelas duas Rádios AM do município

- Publicidade -
 

Bruno Pace Dori
politica@diariodoiguacu.com.br

O Programa Pauta Livre, uma iniciativa da Prefeitura de Chapecó em parceria com as duas emissoras de Rádio AM do município, Super Condá 610 e Chapecó 1330, teve sua 15ª edição realizada na manhã desta sexta-feira (6). Respondendo às perguntas dos jornalistas das rádios, o prefeito de Chapecó, Luciano Buligon (DEM), fez uma prestação de contas das ações deste ano nas mais diversas áreas do município e as projeções de obras e investimentos para 2020.

A primeira questão foi referente à licitação do aeroporto Serafim Enoss Bertaso, que teve o processo paralisado pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE), já que 30 das 51 recomendações não teriam sido adotadas pela Prefeitura. Buligon explicou que o relatório foi enviado ao TCE, mas não chegou a tempo, por isso, o processo foi paralisado. Ele ressaltou que nos próximos dias será liberado pelo TCE, uma vez que todas as adequações foram contempladas agora.

“Não tem nada de direcionamento, como alguns vereadores de oposição andaram dizendo. Aliás, eles vão ter que provar isso judicialmente. É uma oposição intransigente. O Ministério Público de SC acompanhou a licitação, está tudo correto. É a primeira vez que uma Prefeitura faz uma licitação de concessão de um aeroporto. Até mesmo o TCE nunca tinha acompanhado. Nesta semana, técnicos nossos estiveram em Florianópolis e já está tudo certo”, comentou.

::: Participe do nosso grupo de WhatsApp :::

Sobre a avenida Leopoldo Sander, Buligon confirmou que a via será duplicada. Ainda, será construída uma passagem de pedestres próximo à subestação da Celesc e construído uma espécie de elevado na esquina com a rua Faxinal dos Guedes, que dá acesso aos bairros Cristo Rei e Eldorado. O projeto está orçado em R$ 28 milhões e inclui também drenagem em um trecho da avenida Fernando Machado e alargamento da rua Xanxerê, ao lado do Shopping.

A respeito do Contorno Extremo Oeste, que ligará a SC-283 à BR-282, Buligon ressaltou que o projeto está em fase de adequações e que o Governo do Estado confirmou que liberará R$ 25 milhões para a obra. A Prefeitura deve entrar com mais R$ 8 milhões. A expectativa é que a licitação seja lançada em fevereiro e a ordem de serviço seja dada em abril. A previsão é que a rodovia, de 11,2 quilômetros e trechos com terceira faixa, seja entregue até o fim de 2021.

Buligon falou também sobre as Parcerias Público-Privada (PPP). Em projeto aprovado pela Câmara Municipal, estão autorizados as possíveis concessões do aeroporto, rodoviária, Arena Condá e alguns Parques. Destes, apenas o aeroporto teve interessados. “É importante que a população saiba que nas PPPs a empresa precisa, primeiro, manifestar interesse. Depois disso é que lançamos o edital. O patrimônio segue sendo nosso, repassamos só a administração”.

::: Acompanhe as últimas notícias de Chapecó e região :::

O prefeito foi questionado sobre o Plano de Mobilidade Urbana. Ele ressaltou que está sendo implementado em partes. O primeiro passo era a licitação do transporte coletivo, que já está em vigor. Agora, está sendo feita a licitação para os abrigos de passageiros. Quando estiverem instalados, o binário entrará em cena. “Não podemos fazer o binário antes de ter os abrigos e plataformas instaladas. O binário será instalado no próximo ano. Esse será um grande avanço”.

A Praça da Família, outra construção muito aguardada, será construída no próximo ano. Ela terá quadra de esporte, área verde, espaço de convivência e de serviços. Ainda no bairro São Pedro, uma obra importante é a drenagem e construção de bacia de contenção de enchentes. Ainda, Buligon ressaltou que a iluminação das principais avenidas, praças, rotatórias e parques serão revitalizadas, com a substituição das lâmpadas de vapor de mercúrio/sódio pelas de LED.

O levantamento imobiliário e cadastro por meio de georreferenciamento da área urbana será implantado em 2020. A medida possibilitará a atualização do cadastro imobiliário, corrigindo distorções e permitindo a cobrança justa do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) de imóveis e edificações. Buligon lembrou que Chapecó tem 105 mil lotes e a Prefeitura não tem como fiscalizar todos individualmente, por isso, a importância para o planejamento da cidade.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Marcio Sander e Milton Hanauer são oficializados candidatos a prefeito e vice de Chapecó
Luciane Stobe e Nilson Carniel são oficializados candidatos a prefeita e vice de Chapecó
Cleiton Fossá e Giovanni Balen são oficializados candidatos a prefeito e vice de Chapecó
Dissolução da coligação entre PSL e Patriota revolta lideranças
Claudio Vignatti e Pedro Uczai são oficializados candidatos a prefeito e vice de Chapecó
João Rodrigues e Itamar Agnoletto são confirmados candidatos a prefeito e vice de Chapecó
Adriano de Martini e Lenoir Tiecher são confirmados como candidatos em Xanxerê
Oscar Martarello concorrerá a prefeito de Xanxerê com Adenilso Biasus na condição de vice
Morre Anelsi Danielli, ex-prefeito de Vargeão
Mauro Moresco e Edimar dos Passos são candidatos em Cordilheira Alta