Marquinhos Santos tenta vencer a primeira partida na Arena Condá pela Chapecoense

Aproveitamento do treinador em casa é de apenas 13,33%

- Publicidade -
 

Uma das missões de Marquinhos Santos era resgatar a força da Chapecoense em casa. Ainda não conseguiu. Contratado no dia 16 de setembro como última esperança para evitar o rebaixamento, o treinador de 40 anos continua sem vencer na Arena Condá.

Neste domingo (10), Marquinhos Santos terá mais uma oportunidade de triunfar pela primeira vez na condição de mandante. O clube do Oeste catarinense receberá o Grêmio, às 19h, pela 32ª rodada da Série A do futebol brasileiro. Mesmo ganhando, o time verde-branco continuará em situação delicada na tabela de classificação.

A Chape está na penúltima colocação com 22 pontos, a 12 do primeiro fora do Z4, o Cruzeiro, faltando 21 a serem disputados (sete rodadas). A equipe fará dois jogos consecutivos em Chapecó – depois do Tricolor gaúcho, enfrentará o Ceará, no dia 17 –, uma sequência para ao menos tentar impedir que o descenso seja sacramentado em seu reduto.

Se perder para Grêmio e Ceará, o Verdão poderá ser rebaixado, matematicamente, na próxima rodada, a 33ª rodada de um total de 38. A consolidação da queda no fim de semana que vem também dependerá de uma combinação de resultados. Para os sites de probabilidades esportivas, o risco de cair para a Série B é de 99%.

Comparação

Com Marquinhos Santos, a Chapecoense mais perdeu que empatou na Arena Condá. São três derrotas e dois empates, aproveitamento de 13,33%, desempenho inferior em relação aos outros dois treinadores que comandaram o time no Brasileirão 2019. O percentual de Emerson Cris na Arena é de 33,33%, enquanto Ney Franco tem 27,77%.

Marquinhos Santos também aparece na “lanterna” se contabilizadas todas as partidas. Em 12 compromissos, marcou 22,22% dos pontos que disputou, contra 25% de Emerson Cris (8 jogos) e 24,24% de Ney Franco (11 jogos).

Por outro lado, Marquinhos possui o melhor rendimento como visitante no Verdão. Ele tem 28,57%, Ney Franco, 20%, e Emerson Cris, 16,66%. O aproveitamento geral da Chape no Brasileirão é de 23,65%.

 

CAMPANHA DE MARQUINHOS SANTOS NA ARENA CONDÁ

Derrota: 0x1 Corinthians

Derrota 0x1 Flamengo

Empate: 1x1 Cruzeiro

Empate 2x2 Goiás

Derrota: 0x3 São Paulo

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Concórdia x Chapecoense: confronto regional marcado por reencontros
Para dar cara à Chapecoense, Hemerson Maria repete escalação contra o Concórdia
Técnico Hemerson Maria aguarda avaliações físicas para definir Chapecoense
Chapecoense estreia no Estadual com empate sem gol diante do Avaí na Arena Condá
Chapecoense tenta chegar à quinta final consecutiva do Campeonato Catarinense
Começa a venda de ingressos para Concórdia e Chapecoense
"É um clube que tem espírito guerreiro e gosto de ter times assim", diz o treinador da Chape
Chape confirma empréstimo do volante Lucas Mineiro ao Cerezo Osaka, do Japão
Técnico Hemerson Maria tem a volta de Joílson e encaminha escalação da Chapecoense
Chapecoense aguarda chegada de Anderson Leite e resposta dos mexicanos por Alan Santos