Medalhista olímpica, ex-goleira da seleção brasileira visita futebol feminino da Chapecoense

Maravilha vem a Chapecó conhecer o projeto da modalidade na cidade

- Publicidade -
 

As novas comissões técnicas das seleções brasileiras femininas sub-17 e sub-20 farão uma visita ao departamento de futebol feminino da Chapecoense. O encontro está marcado para esta terça-feira (10).

O Verdão tem um dos melhores projetos de base do País na modalidade, trabalho que é desenvolvido em parceria com a Associação Desportiva Escolar Lourdes Lago (Adell), de Chapecó. O clube do Oeste catarinense foi o que mais cedeu atletas ao Brasil no último Mundial Sub-17 – cinco no total. Mas, durante o período de preparação e amistosos, a agremiação verde-branca chegou a ter nove jogadoras convocadas.

O objetivo da vinda de representantes de seleções brasileiras de base é estreitar relações com a Chape. A responsável por vir a Chapecó será a preparadora de goleiras Marlisa Wahlbrink, que é chamada de Maravilha por ser da cidade de mesmo nome no Extremo Oeste de Santa Catarina.

Medalhista de prata nos Jogos Olímpicos de Atenas, na Grécia, em 2014, Maravilha ssistiu à fase semifinal do Brasileiro Feminino Sub-18, em Porto Alegre (RS), e agora vai observar mais de perto o projeto da Chapecoense/Adell. O foco é mapear atletas entre 14 a 16 anos para as próximas convocações.

Roteiro

O roteiro de Maravilha começa pela manhã, às 9h, no campo do bairro Santo Antônio, para acompanhar um treinamento. Às 13h30, ela visitará a Chapecoense e, às 15h, a escola Lourdes Lago, no bairro Bela Vista.

As novas comissões das seleções brasileiras femininas são formadas por Jonas Urias e pela auxiliar-técnica Jessica Lima, na sub-20, e, na sub-17, por Simone Jatobá, auxiliada por Lindsay Camila e pela preparadora de goleiras Maravilha.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Vini Locatelli: "Levar a Chapecoense de volta ao seu lugar, a Série A do Brasileiro"
Após paralisação, missão de Matheus Ribeiro será se firmar no time da Chapecoense
“Vai ser minha volta por cima”, garante o zagueiro Joílson sobre temporada na Chapecoense
Chapecoense dá férias aos atletas e não deverá voltar a jogar antes do dia 10 de maio
"Quarentena não é férias", diz fisiologista da Chapecoense. Atletas fazem atividades em casa
Chape publica balanço financeiro de janeiro e fevereiro: déficit chega a R$ 1,7 milhão
Técnico da Chapecoense usa quarentena para avaliar rendimento do time
Chapecoense encaminha reforços para a Série B, mas espera para bater martelo
#FiqueEmCasa. Chapecoense faz campanha de prevenção contra o novo coronavírus
Atenção, torcedor! Chapecoense suspende atendimento presencial na central do sócio