Medidas da Aneel garantem fornecimento de energia durante a quarentena em Santa Catarina

Suspensão de cortes e prioridade nos atendimentos de emergência estão entre as medidas aprovadas nesta terça-feira (24) e serão válidas por 90 dias. Em Santa Catarina, a Celesc já havia adotado algumas delas

- Publicidade -
 

A diretoria da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou nesta terça-feira (24), em Reunião Pública Extraordinária (virtual), com a participação de presidentes de empresas de energia de todo o país, um conjunto de medidas para garantir a continuidade do serviço de distribuição de energia elétrica, protegendo consumidores e funcionários das concessionárias em meio ao cenário de pandemia do novo coronavírus.As medidas aprovadas nesta terça, terão validade de 90 dias, podendo ser prorrogadas.

Medidas

Entre as medidas principais está a suspensão do fornecimento por inadimplência de unidades consumidoras residenciais urbanas e rurais, incluindo baixa renda, além de serviços e atividades consideradas essenciais, conforme legislação.  É importante destacar que isso não impede medidas de cobranças de débitos vencidos, previstas na legislação, inclusive a negativação dos inadimplentes em cadastros de crédito.

Suspensão temporária do atendimento presencial

Também está entre as medidas a suspensão temporária do atendimento presencial ao público para preservar a saúde dos colaboradores e da população com intensificação do uso de meios automáticos e eletrônicos de atendimento, priorizando urgência e emergência. Ainda de acordo com a Aneel, as concessionárias devem preservar e priorizar o fornecimento de energia aos serviços e atividades considerados essenciais, de que tratam o Decreto nº 10.282, de 2020 e o art. 11 da Resolução Normativa nº 414, de 2010. Cabe às distribuidoras elaborar plano de contingência específico para o atendimento de unidades médicas e hospitalares e de locais utilizados para o tratamento da população, incluindo a verificação de disponibilidade e testes de funcionamento de unidades de geração ou a possibilidade de remanejamento da carga.

Santa Catarina

As medidas começam a valer imediatamente. Em Santa Catarina, os serviços não emergenciais e os desligamentos programados já foram suspensos no último dia 17, com o decreto estadual de situação de emergência. As lojas de atendimento também foram fechadas no mesmo dia e os consumidores orientados a procurar os canais virtuais da empresa em www.celesc.com.br e aplicativo Celesc, ou via telefone 0800480196.  


DEIXE SEU COMENTÁRIO

Governo do Estado registra a segunda morte pelo novo coronavírus em Santa Catarina
Ministérios vão agir de forma integrada durante a crise do novo coronavírus
Casos de coronavírus sobem para 219 em Santa Catarina
Com escolas em quarentena, Startup leva simulado do ENEM on-line a estudantes
Senado aprova benefício de R$ 600 a autônomos e informais
Câmara Municipal de Chapecó realiza sessão ordinária virtual
Centro de Triagem para pacientes com sistemas respiratórios já funciona em São Miguel do Oeste
Como se comportar nas compras para diminuir risco de contrair o novo coronavírus
Sobe para 159 o número de mortes por causa do coronavírus no Brasil
Senai oferece 100 mil vagas gratuitas em cursos à distância durante pandemia do coronavírus