Na despedida da Série A, Chapecoense empata no fim do jogo

Em jogo para cumprir tabela, Verdão ficou no 1 a 1 contra o Vasco

- Publicidade -
 

O maior templo do futebol brasileiro foi cenário da despedida da Chapecoense da Série A do Campeonato Brasileiro. Jogando contra o Vasco na tarde deste domingo (8), o Verdão foi a campo já rebaixado cumprir tabela contra um adversário que também já não disputava mais nada na competição. A Chape saiu perdendo e buscou o empate no último lance: 1 a 1.

Motivado pelo grande público presente – mais de 67 mil torcedores – o Vasco da Gama iniciou pressionando a Chapecoense, que passou praticamente toda a primeira etapa somente se defendendo. Rossi, com velocidade pela direita, criou várias situações de perigo, porém, o gigante da colina não conseguiu abrir o placar, sendo Fernando Miguel um mero espectador.

Já no segundo tempo, a Chape voltou melhor, criando algumas oportunidades, sendo que o Vasco continuou tentando o gol. Em dois lances, aos 6 e aos 20 minutos, Ribamar e Rossi perderam grandes chances, ao chutarem para fora as chances que tiveram. Pelo Verdão, Camilo carimbou a trave de Sidão, que entrou na meta vascaína no intervalo do jogo.

Aos 34 minutos, Maurício Ramos colocou a mão na bola e o árbitro não viu. Entretanto, o VAR fez a revisão e a penalidade foi confirmada. Yago Pikachu cobrou aos 37 minutos, deslocou João Ricardo e abriu o placar para a festa dos torcedores vascaínos. Quando parecia que a Chape se despediria da Série A com mais uma derrota, Vini Locatelli empatou nos apagar das luzes.

VASCO 1x1 CHAPECOENSE

Vasco: Fernando Miguel (Sidão); Yago Pikachu, Henríquez, Leandro Castán e Henrique; Fellipe Bastos (Marcos Júnior), Raul e Guarín; Rossi, Ribamar (Gabriel Pec) e Marrony. Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

Chapecoense: João Ricardo; Eduardo, Douglas, Maurício Ramos e Caique Sá; Márcio Araújo, Tharlis (Vini Locatelli), Elicarlos, Camilo e Roberto; Arthur Gomes (Dalberto). Técnico: Edson Borges (interino).

Arbitragem: Pablo Ramon Gonçalves Pinheiro (RN), auxiliado por Danilo Ricardo Simon Manis (Fifa/SP) e Rafael da Silva Alves (RS). VAR: Caio Max Augusto Vieira (RN).

Gols: Yago Pikachu (V), de pênalti, aos 37 minutos do segundo tempo; e Vini Locatelli (C), aos 47 minutos do segundo tempo.

Cartões amarelos: Caique Sá, Elicarlos e Maurício Ramos (C); Henrique, Yago Pikachu e Vanderlei Luxemburgo (V).

Público: 67.395 pessoas (total). Renda: R$ 2.713.506,00.

Local: Estádio Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ). Data: 8 de dezembro de 2019.

PRINCIPAIS LANCES

Primeiro tempo

1 min – Vasco: Rossi realiza boa jogada pelo lado direito e cruzou, Marrony subiu mais que a zaga, porém, a bola sai pela linha de fundo, com perigo.

27 min – Vasco: Yago Pikachu arriscou da intermediária e a bola foi na direção da baliza. João Ricardo, bem colocado, espalmou a bola para escanteio.

33 min – Vasco: Felipe Bastos cobrou falta e lançou a bola na área, Henrique saiu mais alto e cabeceou no meio do gol. João Ricardo fez a defesa.

40 min – Vasco: Após cobrança rápida de falta, Rossi faz boa jogada pela direita e cruzou na área. Fellipe Bastos chegou batendo, mas Douglas salvou o gol.

Segundo tempo

3 min – Chapecoense: Tharlis recebeu na entrada da área e finalizou. A bola saiu por cima do gol de Sidão, batendo na rede, com perigo.

6 min – Vasco: Ribamar recebeu sozinho dentro da área, mas finaliza por cima do gol na saída de João Ricardo, perdendo grande chance.

14 min – Chapecoense: Camilo recebeu na área, matou no peito e finalizou de voleio. A bola encobriu Sidão e abola explodiu na trave direita do Vasco.

20 min – Vasco: Gabriel Pec foi lançado e divide a bola com João Ricardo. Na sobra, sozinho, Rossi finalizou para fora, perdendo gol incrível.

GOL! 37 min – Vasco: Yago Pikachu cobrou pênalti no lado direito, fazendo o gol e descolando João Ricardo, que pulou para o lado esquerdo.

42 min – Vasco: Rossi recebeu de Marcos Junior e invadiu a área. João Ricardo fechou bem o ângulo e jogou a bola para escanteio.

GOL! 47 min – Chapecoense: Após cruzamento para a área do Vasco, Dalberto desviou e Vini Locatelli completou, empatando o jogo.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Time feminino da Chapecoense retoma as atividades de olho no Brasileiro da Série A2
Bruno Silva e Evandro entram no BID e estão regularizados para reforçar a Chape
Chape sem Alan Ruschel e Denner contra o Náutico. Thiago Ribeiro é relacionado
Zagueiros da Chapecoense apresentam a nova camisa número 3 para celebrar título
Chapecoense volta a treinar após conquista do Estadual e apresenta atacante Felipe Garcia
Em 3 anos, Louzer vence 2° estadual da carreira. Primeiro no Guarani, agora na Chape
Para soltar grito de 'é campeão'. Chape chega com festa após resgatar hegemonia em SC
Jogadores da Chape dedicam conquista a massagista Douglas Mendes, que morreu em junho
Título premia recuperação da Chapecoense no Estadual
Campeã estadual, Chape desembarca em Chapecó na manhã desta segunda-feira