Perícia dos Bombeiros descarta explosão de carregador de celular em Xanxerê

Homem teve 50% do corpo queimado após incidente registrado no ida 7 de janeiro. Ele morreu no domingo (12)

- Publicidade -
 

O Corpo de Bombeiros de Xanxerê descartou a explosão do carregador de um aparelho celular, como causa do incêndio que provocou queimaduras em 50% do corpo de um homem, morador de Xanxerê. A ocorrência foi no dia 7 de janeiro deste ano. A vítima sofre queimaduras de 1º, 2º e 3º graus e morreu no dia 12 de janeiro.

Durante o socorro, o homem relatou aos Bombeiros que teria ocorrido a explosão do carregador e que teria iniciado o fogo em cima do colchão onde ele estava.

Conforme os Bombeiros, após a ocorrência uma perícia foi realizada pelos Bombeiros e Instituto Geral de Perícias (IGP), acompanhados pela irmã da vítima. O laudo dos Bombeiros foi finalizado nesta segunda-feira (13) e divulgado nesta terça (14) pela instituição.

Segundo apurado pelos Bombeiros, foi excluída a possibilidade de explosão do aparelho, já que no momento do incêndio não havia nenhum equipamento ligado à tomada junto à cama. A análise mostrou ainda que não houve nenhum dano interno no carregador e nem no aparelho celular, indicando que eles estivessem com sobreaquecimento ou que tivessem explodido.

Não foi encontrada indicação de explosão e os aparelhos estavam preservados – apenas com queima externa, provocadas por ação de fora para dentro. “O laudo e as demais circunstâncias serão avaliados pela Polícia Civil que, junto ao laudo emitido pelo IGP, verificará se se trata de conduta criminosa ou não”, pontaram os Bombeiros no laudo, assinado pelo comandante do 14º Batalhão de Bombeiro Militar, Walter Parizotto. A investigação segue agora com a Polícia Civil que vai buscar apurar o que provocou o fogo.

 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Golpistas usam nome do Hospital Regional São Paulo para contatar pacientes
Mulher é encaminhada pelo Sara/Saer para o HRO em Chapecó
Prefeitura de Maravilha alerta para fraude com cheque
Golpistas estão usando nome do município de São Miguel do Oeste
Lei que suspende pagamento de parcelas do Fies é sancionada
Paciente de Palmitos é transferido com urgência para Xanxerê
Ex-secretário tem condenação confirmada por humilhar enfermeira no Oeste
Detonações de rochas estão marcadas para esta sexta-feira (10) em Maravilha
Polícia conclui investigação de roubo em farmácia de Pinhalzinho
Homem cai da moto em São Miguel do Oeste