Polícia Civil conclui laudo pericial da morte do piloto Ivan Possamai Júnior em Chapecó

Investigadores aguardam resultado de vistória da Confederação Brasileira de Automobilismo na pista Dragway, no parque de exposições da Efapi

- Publicidade -
 

As investigações da Polícia Civil sobre a morte do piloto Ivan Possamai Júnior, de Cascavel (PR), em Chapecó continuam, mas o laudo pericial já está concluído. O acidente aconteceu no dia 4 de agosto, na pista Dragway, no parque de exposições da Efapi, durante prova do Campeonato Sul-Brasileiro de Arrancada.

Conforme o delegado Willian Meotti ao Diário do Iguaçu, o Instituto Geral de Perícias (IGP) apurou que o competidor morreu por politraumatismo, devido ao impacto da batida, descartando outras hipóteses, por exemplo, mal súbito. Os exames também não encontraram álcool e drogas no organismo. A perícia verificou ainda que o carro, um Volkswagen Gol, não apresentava problemas mecânicos.

O inquérito prossegue, agora, com o testemunho de pessoas que estavam na competição, como pilotos e os organizadores, e, possivelmente, de familiares de Ivan. A Polícia Civil também aguarda o resultado da vistoria feita na pista por uma comissão criada pela Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA). A entidade, por sua vez, só vai se pronunciar após ter o laudo pericial da Polícia Civil para cruzar as informações.

O Chapecó Motor Clube (CMC), entidade responsável pela pista Dragway, afirma que o local está autorizado para receber novas disputas. A primeira prova após o acidente será nos dias 13, 14 e 15 deste mês e vale pelo Campeonato Catarinense de Arrancada, promovido pela Federação de Automobilismo de Santa Catarina (Fauesc).

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Time de Chapecó leva virada do Bluvôlei e perde mais uma na Superliga Nacional B
Liga Catarinense de Futsal define competições estaduais da temporada de 2020
Vôlei feminino de Chapecó leva 3 a 0 do Bradesco e sofre a quarta derrota na Superliga Nacional B
Concórdia recebe o Tubarão, concorrente direto na luta contra o rebaixamento
Vôlei feminino de Chapecó enfrenta o Bradesco, em São Paulo, pela Superliga Nacional B
Volante Diego Felipe, do Concórdia: "A sorte vai virar e vamos buscar essa recuperação"
Arrancada noturna é atração em Chapecó neste sábado
Mais de R$ 15 mil em prêmios no Torneio de Xadrez de Concórdia. Inscrições abertas!
Chapecó domina a etapa de abertura do Campeonato Catarinense de Tiro ao Prato
Concórdia empresta Luiz Pedro, da Chapecoense, e meia-atacante do Paraná Clube