Polícia Civil procura suspeito de matar homem em Dionísio Cerqueira

Crime aconteceu no dia 28 de dezembro de 2019, quando a vítima foi atingida por três tiros. Quem tiver informações sobre o paradeiro de Maurício Rafael de Lucena, conhecido como “Galego” pode ligar para o disque denúncia

- Publicidade -
 

A Polícia Civil, por meio da delegacia de Dionísio Cerqueira procura suspeito de ser o responsável pela morte de um homem a tiros em um bar, localizado às margens da BR-163, em Dionísio Cerqueira. O crime aconteceu em dezembro do ano passado.

Com base nas investigações e coleta de provas, a Polícia Civil de Dionísio Cerqueira pediu a prisão do suspeito Maurício Rafael de Lucena, conhecido pelo apelido de “Galego”. O Poder Judiciário decretou a Prisão Preventiva do investigado.

Segundo a Polícia Civil, o suspeito é da Paraíba, estava morando em Dionísio Cerqueira, utilizando nome falso, em razão de ser procurado por outro crime de homicídio ocorrido há cerca de 14 anos na cidade de Caicó, estado do Rio Grande do Norte.

Segundo o Inquérito Policial, o homicídio em função de uma discussão motivada por uma rivalidade de futebol em um restaurante situado na área central da cidade de Dionísio Cerqueira, entre o suspeito e a vítima. Na ocasião, a vítima teria agredido o suspeito.

Relembre o caso

No dia 28 de dezembro de 2019, em um bar localizado às margens da BR-163, zona urbana de Dionísio Cerqueira, um homem de 48 anos foi morto logo após ser alvejado por disparos de arma de fogo efetuados pelo suspeito que compareceu no local com um veículo sedan de cor prata. Em seguida, o suspeito fugiu.

De acordo com a Polícia Civil, o suspeito usou a certidão de nascimento de um familiar para obter documento de identidade ideologicamente falso no Estado de Santa Catarina, para não ser preso decorrente do homicídio no Rio Grande do Norte.

Denuncie

A Polícia Civil pede apoio da população para conseguir informações que possam levar ao paradeiro e prisão do suspeito. Quem tiver informações, pode ligar para o Disque Denúncia- 181, para a delegacia de Polícia de Fronteira de Dionísio Cerqueira, telefone (49) 3644-1093; WhatsApp para denúncias: (49) 3644-1093; e-mail  dpdionosiocerqueira@pc.sc.gov.br ou para a Polícia Militar - 190

A investigação conduzida pela da Delegacia de Dionísio Cerqueira contou o apoio do Centro Integrado de Operações da Fronteira da Secretaria de Operações Integradas do Ministério da Justiça e Segurança Pública, da Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Civil do Paraná (Instituto de Identificação), Polícia Científica do Paraná, Polícia Civil do Rio Grande do Norte, Polícia Civil da Paraíba, Polícia Militar de São Paulo, bem como da CGCCO (Coordenação Geral de Combate ao Crime Organizado) e conseguiu identificar o autor do homicídio em Dionísio Cerqueira,  assim como na descoberta do mandado de prisão em aberto desde o ano de 2005 na cidade de Caicó (RN) decorrente de outro homicídio.  

DEIXE SEU COMENTÁRIO

PRF divulga balanço parcial da Operação Carnaval 2020
Militar detido com cocaína na Espanha é condenado a 6 anos de prisão
Homem é preso ao atirar contra vizinha em Chapecó
Em um dia:Polícias apreendem cerca de 500 comprimidos de ecstasy em Chapecó e Águas de Chapecó
Vítima de violência doméstica passa 2h presa em carro em Chapecó
Casa é incendiada por criminosos no bairro Efapi
Dois homens são atingidos por pedras e disparo de arma de fogo em Xaxim
Suspeito de furtar escritório de advocacia é preso em São Miguel
Jovem de 17 anos é apreendido com cocaína dentro da cueca em Águas de Chapecó
Em liberdade provisória, jovem atira contra homem, mas atinge mulher em Águas de Chapecó