Polícia interdita bomba em posto de combustível em Maravilha

Outros quatro postos foram notificados por não apresentarem os alvarás necessários para funcionamento

Uma operação nos postos de combustíveis de Maravilha resultou na fiscalização de nove estabelecimentos, e no bloqueio de um bico de combustível no município. A operação "Posto Seguro" está sendo coordenada pela Delegacia de Polícia Civil de Maravilha, iniciou na terça-feira (23) e terminará nesta tarde de quarta-feira (24).

>> Últimas notícias <<

Os trabalhos de fiscalização foram desenvolvidos juntamente com Agência Nacional de Petróleo de Brasília (ANP) e Instituto de Metrologia de Santa Catarina (IMETRO), escritório regional de Chapecó.

Dos nove postos fiscalizados, somente um teve uma bomba interditada por abastecer uma quantidade menor do que marcava, problema identificado como vazão de combustível. Outros quatro postos foram notificados por não apresentarem alvarás da Polícia Civil necessários para funcionamento. Os estabelecimentos notificados têm um prazo para regularizar a situação, e caso não seja cumprido poderão ter seus estabelecimentos fechados.

A Delegacia de Polícia Civil de Maravilha informa que a Operação está sendo abrangente, realizada em todos os postos da cidade, e buscou verificar desde a qualidade dos combustíveis à integridade das bombas além de checar a validade dos alvarás emitidos pela Polícia Civil, além de outros documentos. Todos os postos fiscalizados em Maravilha apresentaram combustível sem qualquer irregularidade.


DEIXE SEU COMENTÁRIO

Polícia Civil de Xaxim prende cinco investigados por tráfico de drogas
48,5kg de maconha apreendidos no Extremo Oeste
Motorista é preso ao ser flagrado transportando maconha em São Lourenço
800 militares do exército atuam na operação na fronteira de SC
Homem é condenado a 18 anos de prisão por homicídio em Campo Erê
Pedestre morre atropelado na BR-282 em Maravilha
Duas pessoas são presas por tráfico em Mondaí
Cerca de 65% da população adulta já foi vítima de crime cibernético
Brasil é o segundo país em número de crimes digitais
12,5 mil maços de cigarro apreendidos em ação conjunta, em Guaraciaba