Projeto de Lei prevê redução de salários de agentes políticos em Chapecó

Se aprovada, iniciativa atinge prefeito, vice, vereadores, secretários e comissionados por pelo menos três meses

- Publicidade -
 

Já está tramitando na Câmara Municipal de Chapecó o Projeto de Lei 043/2020, de autoria da vereadora Marcilei Vignatti (PSB), que propõe a redução de 50% no salário do prefeito, vice-prefeito, secretários municipais e vereadores de Chapecó, durante os próximos três meses, com a possibilidade de prorrogação. A proposta também prevê corte de 10% na remuneração de cargos comissionados do Executivo e Legislativo nos rendimentos acima de R$ 6 mil.

A medida não se estende aos servidores públicos concursados ou com contrato temporário. O Projeto de Lei prevê que a economia gerada com as reduções seja repassada para um fundo específico, que tenha como finalidade ações e serviços públicos relacionados ao combate da pandemia do novo coronavírus (Covid-19). A iniciativa tramita na Comissão Legislação, Justiça e Redação Final, onde aguarda parecer. Se for favorável, vai para votação em plenário.

Segundo Marcilei Vignatti, todos precisam fazer sua parte nesse esforço conjunto para vencer essa etapa de dificuldades. “Enquanto agentes públicos, temos o compromisso de dar a nossa contribuição. Além da economia que iremos gerar, esse é um ato de solidariedade a todos que estão sofrendo com a perda dos seus rendimentos”, afirmou a vereadora. Para ela, a proposta ainda vai ao encontro do interesse público de que os agentes políticos “cortem na carne”.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Processo licitatório do novo Contorno Viário de Chapecó já está homologado
Vereador de Chapecó pede retorno das atividades turísticas em Santa Catarina
Chapecó acata recomendação e anula estabilidade de servidor com irregularidades em estágio probatório
Empresário afirma à CPI dos Respiradores que queria apenas ajudar Santa Catarina
Atual secretário da Saúde nega participação na compra dos respiradores
Deputados estaduais cobram socorro para o setor leiteiro
TSE decide que convenções partidárias poderão ser realizadas por meio virtual
Comissão Especial de Gestão de Águas realiza sua primeira reunião em Chapecó
Ex-secretário da Saúde nega ter autorizado pagamento antecipado na compra dos respiradores
Polícia apreende drogas, dinheiro e rádios comunicadores em operação em Chapecó