Projeto do novo contorno viário avança em Chapecó

Ligação entre a SC-283 e a BR-282 é importante para escoamento da produção agroindustrial. Edital de licitação deve sair no próximo mês

- Publicidade -
 

Bruno Pace Dori
politica@diariodoiguacu.com.br

Já finalizado, o projeto executivo para a construção do Contorno Viário Extremo Oeste, em Chapecó, está em análise técnica na Secretaria de Estado da Infraestrutura e Mobilidade. Nesta fase são realizados os ajustes e adequações para sua implementação. O novo Contorno previsto fará a ligação da SC-283, na linha Simonetto, com a BR-282, na linha Colônia Bacia.

O prefeito de Chapecó, Luciano Buligon (DEM), explicou que o projeto final aponta todas as necessidades para a execução da obra. O ponto mais delicado são as adequações que terão que ser construídas no início e no final do trajeto, devido ao enorme fluxo de veículos. Um trevo provavelmente será instalado na BR-282, na altura do condomínio Espelho das Águas.

A expectativa é que após a análise técnica o projeto seja liberado para a assinatura do edital de licitação para a execução da obra. Buligon acredita que isso ocorra até o próximo mês de fevereiro. Se não houver nenhum imprevisto, a ordem de serviço deve ser dada até maio. “É um projeto complexo, de mais de 11 quilômetros de extensão, mas vai sair do papel”, disse.

::: Participe do nosso grupo de WhatsApp :::

Conforme o prefeito, nas terras onde o novo Contorno passará no meio, os proprietários serão indenizados. “Os demais concordaram em doar como antecipação de urbanização, ou seja, a área em que o Contorno ocupar dessas propriedades será compensada futuramente quando essas glebas se tornarem, por vontade dos proprietários, em áreas urbanas”, explicou Buligon.

A importância da obra

A ligação entre a SC-283 e a BR-282 é considerada muito importante para o desenvolvimento de Chapecó e da região Oeste devido às agroindústrias localizadas na região no bairro Efapi e na linha Tomazelli. A expectativa é de que diariamente cerca de 250 caminhões circulem pelo local, sendo o novo Contorno uma rota para evitar que os caminhões passem pela via urbana.

Recentemente, a Cooperativa Aurora inaugura ampliação da unidade conhecida como Fach I, localizada no acesso a Guatambu (SC-484). A planta industrial foi dobrada, o que permitirá que o abate e processamento de suínos passe de 5 mil para 10 mil por dia. O investimento foi de R$ 268 milhões. A Aurora deve ainda ampliar sua indústria de aves na SC-283, a antiga Bondio.

::: Acompanhe as últimas notícias de Chapecó e região :::

Já a Cooperalfa investirá cerca de R$ 250 milhões na ampliação de sua unidade localizada na linha Tomazelli, saída para a SC-283. A produção de farelo de soja, usado na alimentação de suínos e de aves, passará de 700 toneladas para 2 mil toneladas por dias. Com as ampliações da Aurora e Cooperalfa, é necessária uma nova rodovia na área para poder escoar a produção.

Com a ampliação da atividade agroindustrial na área Oeste, o novo Contorno permitirá que os caminhões saiam da SC-283 e cheguem à BR-282 sem precisar atravessar as avenidas Attilio Fontana e Leopoldo Sander e o acesso a Chapecó (BR-480), desviando o trânsito pesado das vias urbanas. Ainda, facilitará o acesso de universitários vindos de vários municípios da região.

Como será a rodovia?

O Contorno Viário Extremo Oeste deve ter 11,2 quilômetros de extensão, com características de uma rodovia. Com isso, estão previstos a construção de retornos e locais com terceira faixa. A obra está orçada em R$ 33 milhões. O Governo do Estado se comprometeu em liberar R$ 25 milhões, enquanto a Prefeitura de Chapecó vai aportar os R$ 8 milhões restantes necessários.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Kelen Giongo assume prefeitura de São Carlos
Daniela Reinehr expõe situação de rodovias do Oeste ao Ministério da Infraestrutura e solicita investimentos
“Precisamos aproximar a UFFS e o segmento produtivo”, diz Recktenvald
Governadora em exercício tem audiência com presidente da República em Brasília
Reunião na Secretaria da Infraestrutura avalia situação da SC-305
Fecam repassa orientações aos prefeitos sobre o encerramento de mandatos
Documentos finais da regularização da linha Baronesa da Limeira são entregues ao Incra
Faesc se manifesta contra a tentativa de tributação do agronegócio
Entenda o pedido de impeachment do governador e da vice de Santa Catarina
Projeto do novo contorno viário avança em Chapecó